Ministro da Família  de Italia :”Os homossexuais querem dominar-nos e apagar a nossa gente”

7/06/2018 07:51 - Modificado em 7/06/2018 07:51
| Comentários fechados em Ministro da Família  de Italia :”Os homossexuais querem dominar-nos e apagar a nossa gente”

O novo ministro da Família italiano, Lorenzo Fontana, disse ainda que as famílias arco-íris “não existem” de acordo com a lei.

Poucos dias depois da investidura do novo governo italiano liderado por Giuseppe Conte, já há uma polémica a marcar o recém-formado executivo. Numa entrevista ao Corriere della Sera, Lorenzo Fontana, o ministro da Família e membro da Liga do Norte, o partido de extrema-direita, fez questão de deixar bem claro que se opõe fortemente ao casamento entre pessoas do mesmo sexo e ao aborto.

“As famílias são aquelas que são naturais, onde uma criança precisa de ter um pai e mãe”, disse. Mas Lorenzo Fontana foi ainda mais longe e fez afirmações mais duras. “Os homossexuais querem dominar-nos e apagar a nossa gente”. E considerou que as “famílias arco-íris não existem perante a lei italiana”.

Considerando que as famílias italianas devem ter mais filhos, o ministro pretende apoiar todas as organizações que “tentem dissuadir as mulheres do aborto”.

O Movimento 5 Estrelas que se coligou com a Liga do Norte para formar governo já criticou as declarações de Fontana. Maria Edera Spadoni diz que foram “inoportunas” e não esconde que há “diferentes sensibilidades sobre questões éticas” entre o seu partido e a Liga do Norte

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.