Ulisses Correia e Silva: “Queremos maior aproximação e conectividade com São Tomé e Príncipe”

7/06/2018 07:37 - Modificado em 7/06/2018 07:37
| Comentários fechados em Ulisses Correia e Silva: “Queremos maior aproximação e conectividade com São Tomé e Príncipe”

 

O Primeiro-ministro de Cabo Verde que está em São Tomé e Príncipe, de 5 a 10 de Junho, defende uma maior aproximação e conectividade com esse país, resolvendo a necessidade evidente que é a retoma das ligações aéreas

“Já estamos a trabalhar para reativar a linhas aéreas Luanda, Sal, incluindo São Tomé e Príncipe”, garantiu o Chefe do Governo, respondendo aos jornalistas à chegada a São Tomé e Príncipe.

 Ulisses Correia e Silva declarou que Cabo Verde quer reforçar os laços de cooperação e amizade com o governo santomense e definir as linhas do futuro que querem construir juntos, “dado que existe um campo vasto em que se pode criar complementaridades económicas”, sustentou.

 O Primeiro Ministro de Cabo Verde que se encontra de visita oficial a São Tomé e Príncipe, a convite do seu homólogo Patrice Trovada, admitiu que a cimeira da CPLP é, seguramente, um dos assuntos que também estarão sobre à mesa, uma vez que Cabo Verde quer exercer uma presidência que possa conseguir avanços significativos no seio da comunidade.

 “Pretendemos reforçar a partilha entre os países membros, da cultura, da ciência e inovação, mas também na economia e outras áreas que são apostas importantes para o desenvolvimento da CPLP”, reiterou, garantindo que a questão da mobilidade de pessoas e bens continua a ser um dos pontos fortes a serem discutidos.

 Refira-se que esta primeira visita do Chefe do Governo cabo-verdiano a São Tomé e Príncipe deverá abrir uma nova página na cooperação entre os dois Estados, tanto no aprofundamento das parcerias existentes como em novas oportunidades de apoio capaz de responder aos interesses das partes e às expectativas existentes.

 

Governo.cv

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.