Ministro da  Cultura critica empresas que financiam festivais  .

4/06/2018 08:11 - Modificado em 4/06/2018 08:11
| Comentários fechados em Ministro da  Cultura critica empresas que financiam festivais  .

O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, criticou e as empresas e instituições que financiam festivais em vez de apoiar associações que lidam com crianças com necessidades especiais.

“Eu tenho de fazer esta critica porque é preciso ver para esta camada que não tem capacidade de ser incluída pelos seus próprios familiares, é preciso haver um apoio efectivo não só do estado, mas de todas as instituições quem financiam um festival com 10 e 12 mil contos”, afirmou o governante, que esteve presente, hoje, no encontro “inclusão através da arte”, promovido pela Associação das Famílias e Amigos das Crianças com Paralisia Cerebral (Acarinhar), visando celebrar o Dia Internacional da Criança, celebrado sexta-feira, 01.

Para além de lançar duras críticas, Abraão Vicente apelou ainda a um olhar “mais atento” a essa camada da população e assegurou que, no âmbito do programa Bolsa de Acesso a Cultura, o seu ministério disponibiliza oito mil contos para apoiar a inclusão de 2.000 crianças e 42 escolas a nível nacional.

 

Fonte Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.