Academica da Paria vence e Santiago Sul aproxima-se de São Vicente em títulos no pós-independência

4/06/2018 07:56 - Modificado em 4/06/2018 07:56

Com a derrota do Mindelense na final do Campeonato Nacional de Futebol frente à Académica da Praia por 2-0, no sábado, em jogo disputado em Santo Antão, no Porto Novo, a região desportiva de Santiago Sul, chega mais perto das conquistas de São Vicente na prova, isto no pós-independência.

A nível nacional, o Mindelense domina em número de títulos ganhos, tanto antes da independência onde somou sete conquistas, como depois de 1975, onde já, por doze vezes, levantou o “caneco” e, no sábado, frente à Académica da Capital, poderia juntar mais um ao vasto currículo e assim fugir ainda mais do Sporting da Praia, perseguidor directo dos encarnados do Mindelo mas, no prolongamento do jogo, Ró e Mike, colocaram um ponto final nestas aspirações.

O certo é que a Académica da Praia, com esta conquista, numa final inédita decidida num só jogo, juntou o segundo título à sua história, visto que o primeiro foi ganho no longínquo ano de 1965, portanto, antes da independência de Cabo Verde. Esta foi também a primeira vez que a Académica da Praia e o Mindelense se encontraram na decisão do título, sendo que este foi o terceiro jogo entre si nesta época desportiva 2017/18.

Esta foi a 54ª edição do Campeonato Nacional de Futebol de Cabo Verde (antes e após a independência). São Vicente e Santiago Sul dominam em número de títulos ganhos, sendo que os são-vicentinos somam 27 conquistas, enquanto que a região desportiva de Santiago Sul soma agora 22. Ora, se São Vicente conseguiu vencer 10 títulos antes da independência de Cabo Verde e, Santiago Sul sete títulos, no pós-independência a história é a mesma com São Vicente na frente, mas agora com muita pressão. A supremacia dos últimos anos do Mindelense fez com que São Vicente disparasse em número de vitórias na competição, mas nos últimos dois anos, as equipas de Santiago Sul, apertaram de novo o cerco.

Nesta luta desenfreada por títulos no pós-independência, São Vicente soma 17 títulos contra 16 agora de Santiago Sul que, com as conquistas do Sporting em 2017 e da Académica em 2018, ficou mais perto de atingir os números de São Vicente.

De realçar que as outras seis edições foram conquistadas por equipas das regiões desportivas do Fogo, Maio, Sal e Boavista, com dois campeões cada, sendo que o último a intrometer-se entre São Vicente e Santiago Sul, foi o Sal Rei da Boavista, em 2004.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.