MpD e os dados do INE do 1º trimestre de 2018: MPD desfia o PAICV a “reconhecer que hoje cabo Verde é um país melhor”  

31/05/2018 17:26 - Modificado em 31/05/2018 17:28
| Comentários fechados em MpD e os dados do INE do 1º trimestre de 2018: MPD desfia o PAICV a “reconhecer que hoje cabo Verde é um país melhor”  

.

O MpD apoia nos dados do INE, já divulgados, sobre o 1º trimestre de 2018 relativos à atividade do sector dos serviços para demonstrar sua satisfação com um crescimentos do país, e apela o PAICV a aceitar que o país está melhor.

E o partido, através do secretario geral, Miguel Monteiro, avança que estes indicadores revelam que o país está a crescer e a gerar mais empregos, e que o cabo-verdianos tem tido mais rendimentos, e que há mais negócios a serem feitos no país.

“Estes dados são particularmente relevantes porque têm um impacto social direto na melhoria de vida dos cabo-verdianos. Se por um lado o Turismo tem sido o motor do crescimento econômico em Cabo Verde, gostaria também de salientar o crescimento de negócios verificado no comércio, em pequenos negócios como oficinas de reparação, no alojamento ou restauração”, como saliente o secretario geral.

E para Monteiro isto significa que as políticas económicas integradas, e de valorização da economia local, tem dinamizado a comunidade e gerado emprego.

E numa mensagem a oposição, neste caso o PAICV, que não tem discordado com o quadro descrito pelo governo e MpD, afirma: “Gostaríamos de desafiar o PAICV a reconhecer que, hoje, Cabo Verde é um País Melhor. Gostaríamos desafiar o PAICV a aceitar a realidade.
Hoje há Mais Emprego, Há mais Rendimentos e há Mais Negócios em Cabo Verde”.

E para Monteiro o reconhecimento dos resultados que o país tem conseguido é reconhecer o esforço dos cabo-verdianos. E apela ao PAICV “que faça uma oposição construtiva e não se limite a alimentar uma retórica destrutiva.”

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.