Dor e consternação: Celeste levantou-se para brincar com os colegas e caiu da viatura

29/05/2018 07:20 - Modificado em 29/05/2018 07:20
| Comentários fechados em Dor e consternação: Celeste levantou-se para brincar com os colegas e caiu da viatura

A população de Mindelo, em particular a comunidade educativa da ilha, está consternada com a morte da professora de Filosofia Celeste Craveiro acorrida no domingo,28, quando esta caiu de uma viatura de caixa aberta. A queda aconteceu quando a professora se levantou para acenar e brincar com amigos que viajavam em viatura. A Escola Jorge Barbosa onde lecionava encerrou ontem o estabelecimento em sinal de luto e pesar, Nas redes sociais as mensagens de pesar deixam ver a dor e a consternação pela perda inesperada. Arlindo Rocha escreve num post “ Nunca e em hipótese alguma estamos preparados para a morte, principalmente quando ela chega de repente, sem aviso prévio, embora saibamos que ela é certa. Por vezes ela bate a nossa porta ou na de nossos familiares e amigos mais próximos, roubando-nos o que há de melhor e de mais precioso. A ti Celeste Craveiro, minha prima, o terrível destino nos deixou perplexos e sem reação, imaginando até, que isso não passa de um terrível pesadelo! Mas, a realidade dos fatos não mentem! Siga em paz, siga a luz, porque sua vida foi iluminada! Só nos resta mantê-la viva em nossos corações, pois, como mãe, professora, amiga… foste exemplar. “

 

Sãozinha Silva escreve que “ A dor da perda é excessiva e inexplicável. Todavia ela precisa ser enfrentada. Neste sentido, apresento as minhas mais sinceras condolências, desejando força e consolação à família enlutada e aos amigos da malograda. “

 

O funeral está previsto para a próxima quarta-feira

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.