PGR suspeita de lavagem de capitais e  vai investigar denúncias do “Swissleaks”

28/05/2018 03:02 - Modificado em 28/05/2018 03:02
| Comentários fechados em PGR suspeita de lavagem de capitais e  vai investigar denúncias do “Swissleaks”

Respeitando os princípios de transparência e publicidade, a Procuradoria-Geral da República, em comunicado, informa que devido às informações públicas que dão conta que um indivíduo de nacionalidade estrangeira e residente na ilha de São Vicente tem mais de dois milhões de dólares numa conta offshore na Suíça, decidiu abrir um processo para instrução.

A mesma justifica que em causa estão factores de suspeita de indiciação de infracções tributárias e aduaneiras, designadamente, de carácter fiscal qualificado e o crime de lavagem de captais.

No seu comunicado, a PGR avança que estes mesmos factos já haviam sido noticiados, parcialmente, em Abril de 2016, altura em que o MP considerou necessária a recolha de informações e elementos com vista a se decidir pela abertura ou não da instrução.

A instrução decorre em segredo de justiça e deverá ser encerrada num período de oito meses, “sem prejuízo de prorrogação quando devidamente fundamentado”. Para esta instrução, a PGR determina a constituição de uma equipa integrada por técnicos da Direcção Nacional de Receitas do Estado e investigadores da Polícia Judiciária, coordenados por um magistrado do Ministério Público.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.