Foi condenado a 50 anos de prisão enquanto dormia em pleno julgamento

25/05/2018 07:15 - Modificado em 25/05/2018 07:15
| Comentários fechados em Foi condenado a 50 anos de prisão enquanto dormia em pleno julgamento

Homem já teria antecedentes violentos, tendo tentado matar a própria mãe.

Um sem-abrigo, acusado de ter esfaqueado até à morte um menino de seis anos, adormeceu  enquanto o juiz lia a sentença e o condenava a 50 anos de prisão.

Daniel St. Hubert era o principal suspeito de um ataque contra duas crianças perpetrado no elevador de um prédio em Nova Iorque, em 2014. Na sequência do ataque P.J. Avitto morreu e Mikayla Capers, de sete anos, ficou a lutar pela vida. Sobreviveu mas ficou com marcas para sempre.

O suspeito tentou provar a sua inocência em tribunal mas acabou por ser acusado de homicídio em segundo grau e tentativa de homicídio em segundo grau.

No momento da leitura da sentença, adormeceu, não tendo sequer reagido à pena a que foi condenado, refere o New York Daily News.

Já a família dos meninos mostrou a sua revolta, referindo por diversas vezes que preferia ver o homem morto

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.