Toy Adão: “Este é o jogo mais importante desta época”

25/05/2018 06:56 - Modificado em 25/05/2018 06:56
| Comentários fechados em Toy Adão: “Este é o jogo mais importante desta época”

O SC Mindelense, após vencer na primeira mão o Palmeira do Sal por 2-1, desta feita procura na ilha do Sal atingir a sua quinta presença, em seis anos, na final do Campeonato Nacional de futebol, o que leva o capitão Toy Adão a apontar que este jogo é o mais importante desta época desportiva.

A comitiva dos “Leões do Norte” viaja nesta sexta-feira de manhã rumo à ilha do Sal, onde vai defrontar no sábado o Palmeira em jogo da segunda mão das meias-finais e com um único objectivo na bagagem que é o de atingir a final da prova. Toy Adão, na antevisão desta importante e decisiva partida, a mais importante desta época desportiva como descreve o central dos encarnados do Mindelo, afirma que o Mindelense vai com o intuito de vencer como sempre, e assegurar o passaporte para a finalíssima. “A equipa preparou a semana de trabalho normal, como de resto acontece todas as semanas, mas sabendo da importância deste jogo que é simplesmente o mais importante desta época”, atira o capitão dos Leões do Norte.

O Mindelense leva na bagagem a vantagem de um golo, mas o golo sofrido em casa coloca os Leões do Norte com atenções redobradas nesta partida. O Capitão não se mostra muito preocupado com isso porque, como assevera, a equipa tem capacidades para marcar em qualquer campo de Cabo Verde. “Vamos lá para fazer o nosso jogo consistente e trazer para casa a nossa passagem para a final e é nisso que estamos focados. Sabemos que sofremos um golo em casa e o cuidado tem de ser redobrado, mas não vamos pensar somente no que eles querem fazer, mas sim no que nós queremos ir lá fazer”, sublinha Toy Adão.

Para esta cartada decisiva no Sal, o Mindelense não poderá contar com o médio centro Lizender e o homem golo da equipa, Papalele. Duas peças importantes que a ver de Toy Adão, fazem falta na equipa devido à importância deles no jogo do Mindelense, mas aponta o colectivo forte da equipa como a arma principal desta formação tetracampeã regional. “Nós, no Mindelense, não individualizamos porque sabemos que somos uma equipa de muito trabalho colectivo e, na Ilha do Sal, não vai ser diferente, mesmo sabendo que Papalele e Lizender são duas baixas de peso”, avança o camisola 14 dos “Leões da Rua de Praia”.

Como se viu anteriormente na ilha do Sal, o Mindelense sempre teve uma grande moldura humana em seu apoio. Um facto que deixa feliz o defesa central que pede, mais uma vez, a comparência de todos os são-vicentinos residentes na ilha do Sal, no Marcelo Leitão, para apoiar a equipa do Mindelo. “Peço o apoio de todos os são-vicentinos residentes na ilha do Sal, como é de costume, para fazermos a festa do futebol cabo-verdiano mas, acima de tudo, com muito fair-play”, conclui Toy Adão.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.