PAICV questiona segurança no país e Ministro convida todo o mundo a visitar Cabo Verde

23/05/2018 06:59 - Modificado em 23/05/2018 06:59

No segundo dia de trabalhos no Parlamento, a bancada do PAICV manifesta preocupação com a situação da segurança no país, através de uma intervenção antes da ordem do dia. José Maria Veiga menciona o desaparecimento de pessoas, a situação vivida na ilha do Sal, a situação de Santa Catarina, de onde o deputado foi eleito. A bancada vê essas situações como sinais preocupantes entre outros que têm acontecido um pouco por todo o país.  

Para o deputado do PAICV, “a segurança é uma questão séria, complexa e determinante para o futuro do desenvolvimento de Cabo Verde”. Para o mesmo, o Governo não tem cumprido com a sua responsabilidade e, como consequência, existe um certo risco da sociedade caminhar para uma situação de mal-estar”.

Segundo o MpD, o Governo tem procurado resolver as questões com investimentos na segurança. “Só que este investimento material não chega, são precisos outros investimentos, nomeadamente, em termos de recursos humanos; não em termos de quantidade, mas em termos de motivação”.

Para a deputada Joana Rosa do MpD, “hoje há mais segurança. Explica os fenómenos mencionados como uma migração de criminosos devido às medidas aplicadas nos centros urbanos. Da parte do MpD ainda se regista o comentário sobre a situação na ilha do Sal, onde se reconhece que a situação não é favorável, com a população a pedir medidas. Mas que talvez se esteja a exagerar o quadro. A situação é justificada pela falta de políticas, poucos meios, menos severidade na aplicação de penas e falta de implementação de medidas preventivas.

Para o Ministro do Estado, Elísio Freire, “Cabo verde é um país seguro e apelamos a todas as pessoas do mundo para visitarem Cabo Verde”. Apoia-se nas estatísticas para avançar que mesmo os casos de homicídio diminuíram e que a percepção de insegurança caiu de nove pontos. Avança a realização do Conselho Nacional de Segurança onde serão tomadas medidas importantes para o país.

As duas bancadas, PAICV e MPD, apoiam um pacto para a segurança, sugestão de Janira Hopffer Almada, como Presidente e líder da bancada do PAICV, para trabalhar “de mãos dadas” a nível de segurança e assim tranquilizar os cidadãos e de modo a salvar o mercado turístico.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.