Elísio Freire: “Cabo Verde é um país seguro”

23/05/2018 06:58 - Modificado em 23/05/2018 06:58
| Comentários fechados em Elísio Freire: “Cabo Verde é um país seguro”

Cabo Verde é um país seguro, com estabilidade social e política, reiterou o Ministro de Estado, dos Assuntos Parlamentares e da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire, na sua intervenção, no período antes da ordem do dia, na sessão parlamentar de hoje, terça-feira, 22 de maio, cujo debate é a Segurança nacional.

 “Houve nos últimos anos uma redução de nove pontos percentuais, em relação à perceção de insegurança, demonstrando que todo o investimento que o Governo tem vindo a fazer na prevenção, na aquisição de mais meios para a polícia está a ter resultados”, salientou Elísio Freire.

 “Tivemos durante o ano 2017 uma redução de assaltos e agora em 2018 está-se a confirmar com uma redução do número de homicídios que ronda os 30% a nível nacional e na Cidade da Praia, em particular, a volta de 53%”, realçou.

 O Ministro considera que estes são os resultados de medidas como o policiamento de proximidade, a mudança de horários de funcionamento dos bares e locais noturnos de diversão, mas também “tudo o que se deve continuar a trabalhar de uma forma intensa para regulamentar ainda mais e melhorar a segurança”.

 Num país pequeno como Cabo Verde onde todos se conhecem, qualquer criminalidade tem um impacto muito forte, afirmou Elísio Freire, realçando que no cômputo geral Cabo Verde é seguro e tranquilo, por isso apela a todos que queiram visitar este arquipélago, o façam e circulem com tranquilidade.

 Relativamente aos casos recentes acontecidos no Sal, uma ilha turística, o Ministro avançou que o Governo vai reforçar a Policia local com mais dezoito efetivos, aumentar o grau de operacionalização, através da comunicação rádio que atualmente já se encontra a funcionar, bem como fazer a mudança a nível de regras municipais no que tange ao horário de funcionamento de determinados locais de diversão noturna.

 Sabe-se, entretanto, que “não existem riscos zero ou segurança máxima, pois há sempre risco e casos pontuais que acontecem”, rematou o Ministro de Estado, notando que o essencial é que os cabo-verdianos e os turistas que nos visitam se sintam seguros.

 O Ministro anunciou, ainda, que medidas importantes sobre a segurança deverão ser anunciadas brevemente após a realização do Conselho Nacional de Segurança que se reunirá no próximo dia 30 de maio.

Fonte : governo.cv

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.