PAICV protesta ausência do Primeiro-ministro no debate sobre a descentralização

22/05/2018 06:54 - Modificado em 22/05/2018 06:54
| Comentários fechados em PAICV protesta ausência do Primeiro-ministro no debate sobre a descentralização

Nas intervenções finais do primeiro dia de trabalho do Parlamento, João Baptista Pereira, do PAICV, ao endereçar os cumprimentos, antes do discurso, mencionou o Primeiro-ministro. “No discurso que escrevo na convicção que apresentaria no Parlamento sobre o assunto de interesse nacional. E com estranheza que constatamos que não esteja na sessão”.

Assim, o PAICV estranhou e protestou a ausência do Primeiro-ministro no debate sobre a descentralização. Tema que para o partido, é de muita importância e que merecia a atenção do Primeiro-ministro.  

Para o PAICV no ano transacto, o Primeiro-ministro compareceu apenas quatro vezes no Parlamento e neste ano, faltando a duas sessões para o fim do ano paramentar, “dificilmente baterá o recorde do ano passado”. “O que pode ser que o Primeiro-ministro desrespeite o Parlamento, porque não sabe que é o responsável pelo parlamento cabo-verdiano, devendo aqui comparecer regularmente para debater assuntos de assunto nacional. Fica o nosso protesto”.

Na defesa do Primeiro-ministro, o deputado Rui Figueiredo Soares, avançou que se estão a comemorar dois anos da aprovação da moção de confiança, “que deu ao governo plenos poderes” para colocar em prática o seu programa.

Em resposta à afirmação que o PAICV “não acredita da colegialidade do Governo e dos outros governos, e fazem uma leitura errada da constituição”. E com o novo regimento em que o chefe tem que apresentar mensalmente para os debates, deixa o aviso a oposição para que estes possam por sua vez preparar bem para os dentes com o chefe do governo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.