Velejadores presos: Câmara dos Deputados de Brasília aprova moção de apoio e solidariedade

18/05/2018 02:50 - Modificado em 18/05/2018 02:50

Na quarta-feira, o deputado baiano António Imbassay que recebeu os familiares dos velejadores no mês passado em Brasília, publicou um documento onde declara uma Moção Oficial de Apoio e Solidariedade aos velejadores através da Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados.

O caso dos velejadores, neste momento, continua com alguma polémica, isto em relação ao documento oficial da sentença, onde consta a imagem de zorro e que já levou a abertura de um inquérito para averiguar a responsabilidade. Depois de denunciar o facto, foi aberto um processo disciplinar contra o juiz responsável pelo caso, levando à descoberta de dois documentos: um com a imagem e outro sem a imagem de zorro, ambos com a assinatura do juiz.

Entretanto, do outro lado do atlântico, a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, manifesta apoio e solidariedade “irrestritos aos velejadores brasileiros, Daniel Dantas, Daniel Guerra e Rodrigo Dantas, condenados pelos crimes de tráfico internacional de alto risco e associação criminosa, depois de ter sido encontrado, em Agosto de 2017 dentro de um veleiro, mais de uma tonelada de cocaína ocultada no casco da embarcação”.

A Câmara dos Deputados reitera a sua confiança plena, não apenas na versão apresentada pelos brasileiros, mas em todo o processo realizado ainda no Brasil, de inspecção e vistoria da embarcação, realizadas pela Polícia Federal.

De acordo com o documento a que este online teve acesso que aprova uma Moção de Apoio e Solidariedade aos brasileiros, seus familiares e amigos, o mesmo exorta as autoridades cabo-verdianas no sentido de os colocarem em liberdade, reconsiderando a valoração de várias provas que demonstram a sua inocência, entre elas o documento elaborado pela Polícia Federal Brasileira, acerca das investigações, concluindo que os jovens não tiveram qualquer participação no crime.

  1. R. Pires

    bom dia a todos os cabo-verdianos e cabo-verdianas

    quando ouvi pela primeira vez falar da crise da justiça fiquei confuso sem compreender o significado dela, mas agora fiquei mais confuso com conteúdo desta notícia. A Justiça está em crise ou há crise para com ela? Os deputados? a notícia do norte? então onde fica a nossa justiça e os nossos tribunais isso é perigoso. Deus. Os magistrados não falam e só os advogados do caso processo raposa? …
    abraço a todos

  2. Bruno Almeida

    Se fosse na Indonésia … a esta hora já estariam fuzilados!

  3. Dje Guebara

    E porque a justiça Brazileira não correu preso o verdadeiro bandido e agora querem culpar a justiça Caboverdeana. Os bandidos sempre que contrubuiem para cualquer delito serão julgados e condenados e basta.

  4. antonio

    de onde vinha o tal veleiro e para onde ia ao sair do pais de onde iniciou a viagem teria que ter uma agencia responcavel que e quem prepara a documentacao necessaria isso inclui que nenhum barco sai do porto sem um destino por isso sabiam para on iam .e tem mais antes da saida e obrigatorio a lista dos ocupantes incluindo animai por isso culpados esist se nao sao eles qum sao q seja feita ajustica doi a quem doer q o brasileiro facacorrupcao la no brasil

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.