Fundação Damata quer mudar a vida das famílias cabo-verdianas através da educação

14/05/2018 06:49 - Modificado em 14/05/2018 06:49

Desde o ano lectivo 2014/2015, a já atribuiu nos últimos três anos, 34 bolsas de estudo a 23 estudantes no valor de quatro mil contos, 28 bolsas a estudantes das ilhas de Santo Antão, São Vicente e Santiago.

Para o ano lectivo 2017/2018, a Fundação José Damata Monteiro realizou um investimento na Educação em Cabo Verde no valor de 750.000.000 ECV, com a missão de promover mudanças de cariz económico e social, e produzir melhorias nas aprendizagens da próxima geração dos jovens líderes cabo-verdianos.

A Fundação Damata que celebrou este ano quatro anos da sua fundação e que beneficia actualmente cerca de 60 alunos no Ensino Superior, quer mais apoio para poder assegurar uma educação de qualidade aos seus beneficiários, cujo foco é apenas o Ensino Superior.

Financeiramente, a Fundação é suportada por emigrantes nos Estados Unidos da América que, “com 25 dólares por semana durante quatro anos, podem mudar uma família, através da educação”, adianta Ismael Silva, presidente da Fundação.

Recentemente, a Comunidade nos Estados Unidos mobilizou mais de 5 mil contos num evento social realizado pela comunidade cabo-verdiana de Pawtucket, Estado de Rhode Island, EUA, cujo montante se destina aos cerca de cerca 60 bolseiros a nível nacional, a maior parte, 32, proveniente da ilha de Santiago.

No entanto, até agora, a parceria estende-se apenas às Universidades de Cabo Verde que este ano comemoraram dois anos de parceria concretizada através de um protocolo que, entre outros benefícios, prevê o financiamento total ou parcial dos encargos com propinas (e outros) de modo a promover a formação de jovens inscritos e a frequentar cursos ministrados pela Uni-CV.

Ismael Silva incentiva a população a fazer mais em prol da educação e assegura que as portas da Fundação estão abertas para receber mais doações.

A Fundação tem sede nos EUA, mas tem representações tanto em Santiago como em São Vicente.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.