Estrelas-do-Mar  regressa no Carnaval 2019

11/05/2018 07:58 - Modificado em 11/05/2018 07:58
| Comentários fechados em Estrelas-do-Mar  regressa no Carnaval 2019

Passados seis  anos, o grupo de carnaval mindelense Estrelas-do-Mar vai voltar ao sambódromo do Mindelo, em 2019, prometendo muita competitividade e originalidade, afirmando mesmo que será difícil vencer o grupo que já tem quase tudo pronto, desde o enredo ao design dos carros alegóricos, passando pela música.

Isso porque, conforme esclarece a nova direcção do grupo liderada por Luís Gonçalves, desde 2014 que a ideia do regresso do grupo está a ser “cozinhada” e agora, o grupo reúne-se para fazer com que seja um regresso em grande, altura em que irá comemorar os seus 45 anos de fundação.

O anúncio foi feito esta quinta-feira no espaço Gentlemen´s Club, antigo “quintal” de ensaio do grupo onde, segundo o presidente do Estrelas-do-Mar, fizeram história, daí a escolha simbólica do local para relançar o grupo que saiu pela primeira vez em Fevereiro de 1974.

No ano da sua estreia, conta Gonçalves, o grupo ficou em segundo lugar, prémio arrebatado pelo grupo Vindos do Oriente, actual campeão do Carnaval de São Vicente.

“Estamos prontos. A expectativa e a adesão das pessoas no dia-a-dia, dá-nos força e coragem para continuar”, explica uma das referências do grupo que diz ter abandonado um projecto pessoal para participar neste que considera um momento histórico. A realização de um sonho pessoal”. É mais um grupo, uma mais-valia, mais arte, mais diversidade e autenticidade para o Carnaval de São Vicente, de Cabo Verde.

“Viemos para ficar”, afirma Luís Gonçalves que diz também que este regresso será para festejar o aniversário do grupo que no próximo ano comemora os seus 45 anos. “Vamos trazer mais diversidade, originalidade e garantimos aos são-vicentinos que podem contar com um mar de carnaval em São Vicente”.

Acredita que os objectivos agora estabelecidos serão cumpridos. “Temos uma responsabilidade que é ir para competir e, apesar da ausência durante esses anos e o facto de sairmos, já é um prémio pessoal”, garante este responsável que está coadjuvado por um vice-presidente, seis directores e uma comissão.

O mesmo assegura que o grupo está a trabalhar para voltar em grande, no entanto, não levanta o véu, alegando que a surpresa é a melhor forma de manter o suspense.

O grupo prepara um jantar de gala para a apresentação oficial.

Em 1974, o grupo desfilou pela primeira vez pelas ruas do Mindelo e assegurou o segundo lugar. Cinco anos depois, em 1979, isso porque durante esse tempo era proibido brincar ao Carnaval em São Vicente, o grupo voltou a desfilar.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.