Israel diz que forças iranianas atacaram Montes Golã

10/05/2018 07:45 - Modificado em 10/05/2018 07:45

A tensão está a escalar no Médio Oriente. O exército israelita afirma que foram disparados 20 rockets pelas forças iranianas que estão na Síria. Esta terça-feira Damasco foi alvo de ataques aéreos que se suspeita terem sido levados a cabo por Israel.

Oexército israelita está a avançar que cerca de 20 rockets foram disparados contra postos militares seus nos Montes Golã, segundo o Haaretz. Não há registo de feridos. Israel diz que a maioria dos projéteis disparados foram intercetados pelo sistema de defesa antimíssil, Iron Dome.

O exército de Israel está a atribuir este ataque às forças Quds da Guarda Revolucionária iraniana, que se encontram na Síria.

Anteriormente, o exército israelita tinha referido que as sirenes que servem de alerta para ataques aéreos nos Montes Golã tinham soado. 

Os residentes nos Montes Golã estão a ser aconselhados pelo exército israelita a permanecerem em abrigos até que este alerta seja levantado. 

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos adiantou que tinha sido avistada uma aeronave a sobrevoar a parte israelita dos Montes Golã pouco depois da meia-noite local (em Israel são mais duas horas do que em Portugal Continental).

Isto acontece um dia depois de Israel supostamente ter lançado ataques aéreos que tiveram como alvo Damasco, a capital da Síria. Esses ataques resultaram na morte de 15 pessoas, oito das quais iranianos. 

Israel não chegou a confirmar a autoria deste raide em Damasco, mas ainda esta terça-feira tinha alertado para a possibilidade de um ataque nos Montes Golã por parte de forças iranianas.

Os Montes Golã estão localizados entre Israel e a Síria.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.