Museu da Resistência – Ex-Campo de Concentração do Tarrafal, acolhe a primeira fase do Projecto Museus de Cabo Verde

10/05/2018 07:42 - Modificado em 10/05/2018 07:42
| Comentários fechados em Museu da Resistência – Ex-Campo de Concentração do Tarrafal, acolhe a primeira fase do Projecto Museus de Cabo Verde

Nesta primeira fase, de acordo com o Instituto do Património Cultural, o foco recai sobre a melhoria do aspecto físico do monumento através da pintura do edifício, da melhoria da iluminação, da limpeza do espaço, da manutenção dos telhados e das celas. Para o efeito, o Museu encontra-se encerrado para visitas de 8 de Maio a 18 do mesmo mês.

O Projecto Museus de Cabo Verde prevê a intervenção e a redefinição museológica e museográfica em cinco museus. “Paralelamente às intervenções no edifício, prepara-se a redefinição da exposição com uma nova linguagem expositiva e introdução de novas tecnologias”, segundo fonte do IPC.

 A mesma avança ainda que o projecto Museus de Cabo Verde, que tem a duração de três anos, foi traçado pelo Ministério da Cultura e Indústrias Criativas através do IPC e prevê, numa primeira fase, a reabilitação e redefinição museológica e museográfica de cinco estruturas: Museu do Sal, Museu do Mar, Museu da Pesca e o Museu da Tabanca que foi reaberto em Novembro de 2017.

Afirma ainda que tem como objectivo requalificar e dinamizar os museus de Cabo Verde, enquanto espaços de inclusão social e de cidadania e um activo importante para o desenvolvimento do país no suporte ao turismo de alto valor acrescentado.

“A preocupação de se conservar/preservar a memória do país já vem de há muito tempo, tendo sido desencadeadas várias acções estatais e privadas, tendo em vista a salvaguarda da memória histórica do país. É nesse sentido que surgiram as primeiras iniciativas museológicas e outras infra-estruturas culturais, como os centros culturais, de artesanato e interpretativos em vários pontos do país”.

O conceito de Museus de Cabo Verde, cujo foco principal está na valorização das estruturas existentes pautando pela sua melhoria, modernização e introdução de uma dinâmica capaz de acompanhar todos os desafios da sociedade global. Mas, acima de tudo, de posicionar os museus de Cabo Verde, cada um com a sua especificidade temática, enquanto activos importantes no desenvolvimento sustentável das comunidades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.