Um terço das mulheres admite retirar a aliança em entrevistas de emprego

8/05/2018 08:25 - Modificado em 8/05/2018 08:25
| Comentários fechados em Um terço das mulheres admite retirar a aliança em entrevistas de emprego

É ilegal, por parte dos empregadores, perguntar aos candidatos o estado matrimonial e planos de gravidez,refere o The Independent.

Quase uma em cada três mulheres admite omitir o seu estado civil de casada em entrevistas de emprego, ao retirar a aliança. Este é um dos resultados apontados pelo Credit Angel, que agrega dados de vários estudos refletem a desvantagem que o sexo feminino sofre em áreas associadas com a área financeira.

Acerca da carreira, 29% das mulheres receia a discriminação sexual enquanto candidata a certa posição a que concorre, optando por omitir esta informação. Ainda que tenha consciência de que tal discriminação é ilegal, sabe-se que em certos casos pode ser fator decisivo para ficar ou não com a posição pretendida.

Outros estudos, referidos no mesmo site, referem ainda que 59% dos empregadores acha correto perguntar à candidata se está grávida ou pensa engravidar nos próximos tempos

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.