Arlindo Teixeira  foi libertado mediante interdição de saída do País

27/04/2018 00:04 - Modificado em 27/04/2018 00:04
| Comentários fechados em Arlindo Teixeira  foi libertado mediante interdição de saída do País

Após  dezasseis  dias do acórdão do  Tribunal Constitucional  ter mandado libertar o  ex- emigrante Arlindo Teixeira, este foi libertado ontem  da cadeia central da Ribeirinha onde cumpria pena por homicídio . Em comunicado o advogado Amadeu Oliveira , que tinha acusado o Supremo tribunal de Justiça   de inserção de falsidades nesse processo afirma que “

“ Sempre afirmei e volto a insistir que a condenação foi fruto de inserção de falsidades no Processo para manter esse cidadão inocente na cadeia; Aliás, a libertação do Sr. Arlindo Teixeira foi o último de 11 presos ilegais que eu havia jurado libertar e que, Graças a Deus, hoje todos já foram libertados.

Apesar de desde o dia 12 de Abril de 2018, o Tribunal Constitucional haver deliberado a sua libertação, somente na data de hoje é que a sua libertação se efectiva, mediante interdição de saída do País e apresentação periódica no Posto Policial; – A decisão vai no sentido de o mandar libertar, até que o Tribunal Constitucional venha a decidir o recurso principal que continua pendente. “

Amadeu Oliveira diz que depois da libertação  de Arlindo Teixeira vai fazer uma paragem “ , pois, há mais de 2 anos que eu não tive um dia de sossego, só a pensar e a trabalhar para este dia. Todavia, para a Nação Cabo-Verdiana deverá ser um dia para repensarmos todo o sistema de Justiça que permite que 11 inocentes estivesse anos na cadeia, enquanto que determinados culpados estão fora. Por outro lado, impõe-se a institucionalização de um verdadeiro Serviço de Inspecção Judicial de modo a que determinados Magistrados Judiciais se sintam inibidos de continuar as Fraudes Processuais, sobretudo a nível do Supremo Tribunal de Justiça. “

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.