Anuncia quatro novos Procuradores da República Assistente

12/11/2012 00:50 - Modificado em 12/11/2012 00:50

O Conselho Superior do Ministério Público divulgou a deliberação que designa os candidatos admitidos para as quatro vagas de Procurador da República Assistente. Os novos Procuradores da República Assistente vão ser empossados pelo CSMP, com uma nomeação provisória a fim de realizarem um período de estágio de 18 meses.

 

Os resultados do concurso de ingresso na categoria de Procurador da República Assistente foram homologados por deliberação do Conselho Superior do Ministério Público datado de 31 de Outubro. Dos 43 concorrentes, quatro cidadãos obtiveram um resultado que lhes permite ocupar as vagas destinadas ao cargo de Procurador da República Assistente.

De acordo com o regulamento do concurso, os resultados vão ser publicados no Boletim Oficial. Segundo o que apurámos a deliberação homologada pelo CSMP vai ser objecto de análise por parte dos candidatos a essa categoria, como forma de avaliarem a legalidade dos resultados.

De acordo com um representante do Ministério Público “findo o prazo de avaliação dos resultados deliberados pelo Conselho Superior do Ministério Público, se não houver qualquer impugnação, os candidatos admitidos serão colocados nas Comarcas de São Vicente e da Praia para um período de estágio”.

Findo o período de estágio de 18 meses, os magistrados vão passar por uma inspecção para se avaliar o grau de formação e, caso for favorável, ficam nomeados para exercer o cargo de Procurador numa comarca a definir pelo Conselho Superior do Ministério Público

  1. PN

    Instituição que valise os seus elementos, diferente de Policia nacional que tem uma politica descriminalista negativa dos seus efetivos, situação que só acontece na PNCV, mas temos que suportar por alguns tempos.

  2. francisco lascado

    sim senhor, ja com esses mais quatro procuradores nao ha mais murosidade na justiça e espero um bom sosseso pa eles felicidades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.