A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está satisfeita com os resultados dos seus projectos humanitários

20/04/2018 07:16 - Modificado em 20/04/2018 07:16
| Comentários fechados em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias está satisfeita com os resultados dos seus projectos humanitários

O Elder Ronald A. Rasband do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, numa visita de quatro dias a Cabo Verde e que terminou esta sexta-feira com um Devocional na capela da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Chã de Marinha, São Vicente, em entrevista aos jornalistas mostrou-se bastante satisfeito com os projectos que a igreja está a desenvolver no país.

Durante a visita ao país, o Elder Ronald A. Rasband, encontrou-se com o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, onde foram discutidos os trabalhos realizados pela igreja e que, segundo este membro da igreja, teve o total apoio do Chefe de Estado que tem como prioridades para com a população cabo-verdiana “fortalecer os laços familiares, ter mais casamentos e ainda diminuir o consumo de álcool no país”.

Prioridades que Ronald A. Rasband afirma, vão de encontro com os ensinamentos da igreja e destaca ainda a existência do código de saúde da igreja que proíbe o uso de bebidas alcoólicas e drogas. “Ele (JCF) mostrou-se muito feliz em ouvir isso e disse-nos que tem ouvido muita coisa boa sobre a nossa igreja e desejou-nos a continuação do bom trabalho”.

De realçar que a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem uma presença significativa em Cabo Verde e tem participado em muitos projectos humanitários e de auto-suficiência para assistir os habitantes das ilhas, nomeadamente, Água potável (projecto de ligação de água a residências que beneficiou aproximadamente 1.500 famílias), Cadeira de rodas, Visão (Equipamentos hospitalares, óculos, formação a médicos), Cuidado materno-infantil, Vacinação (campanha em parceria com o Ministério da Saúde, OMS e UNICEF que imunizou cerca de 50% da população contra sarampo e rubéola), entre muitos outros.

O Fundo Perpétuo para a Educação, implementado em 2006, e tendo Cabo Verde como um dos pioneiros deste projecto, já auxiliou quase 600 alunos a obterem uma formação académica/profissional e tem garantia de continuação, esclarece este membro da igreja, bem como os programas humanitários de auto-suficiência.

A Igreja foi apresentada em Cabo Verde em 1989 e, desde então, tem crescido até aos mais de 14.000 membros que regista actualmente, distribuídos por 42 congregações em 9 ilhas do país.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.