MpD – São Vicente: “O governo está a trabalhar para cumprir as suas promessas”

19/04/2018 15:10 - Modificado em 19/04/2018 15:10
| Comentários fechados em MpD – São Vicente: “O governo está a trabalhar para cumprir as suas promessas”

Perto de completar dois anos de mandato o MpD em São Vicente faz a análise da situação governativa do país com enfoque em São Vicente. Para a líder do MpD em São Vicente, Maria Lopes Trigueiros, dois anos pode parecer muito para quem é governado, mas pouco tempo para que tem a responsabilidade de governar “especialmente tendo em conta a situação difícil eu o país foi encontrado, com um número interminável de problemas complexos carecendo de medidas profundas, e igualmente complexas”.

E o partido aproveita para congratular com o governo liderado por Ulisses Correia e Silva, e pelos ganhos conseguidos. “O MpD selou compromissos com o povo cabo-verdiano, e está a trabalhar para cumprir essas promessas. E está a trabalhar para que todos vejam sua vida significativamente melhorada e que todos tenham condições dignas para viver e não apenas sobreviver”. Trigueiros que menciona ganhos nas áreas da saúde, segurança, habitação, acesso a educação, investimentos, de forma a alcançar um desenvolvimento harmonioso e sustentável”.

O Sentimento é o mesmo quando aborda São Vicente, afirmando que o governo tem trabalhado para que a ilha “tenha de volta a dignidade e a autoestima que sempre caracterizaram a ilha”. Adjetivos que considera foram ameaçados durante quinze anos.

Voltando atenção para a ilha e as declarações do PIACV- São Vicente sobre os dois anos de mandato, Maria Lopes, afirma que ao contrário do que o líder do PAICV na ilha afirmou “são vários projetos de investimentos que estão previstos e que a breve trecho irão arrancar em São Vicente”. Terminal de cruzeis, estrada Cidade Baia, a transferência do ministério da economia marítima para São Vicente, são alguns dos projetos mencionados.

Perante os projetos e o trabalho do governo questiona se o PAICV quer “tanto mal a São Vicente e a Cabo Verde, e porque o partido deseja que as coisas corram mal.

“Indo por este caminho o PAICV está a transformar-se num partido de lupa na mão. Isto porque, na sua ansia pode encontrar casos para denunciar, procura por todo o lado, com lupa, e se não encontrar fabrica-os. O que nos leva a concluir que esse partido não quer que o país tenha sucesso”, segundo esta líder partidária. Ela que acrescenta que o trabalho da oposição é de mostra o que pode fazer melhor, e não destruir nem denegrir.

Para Maria Lopes Trigueiros apesar do caminho a percorrer ser ainda muito longo e de subsistirem muitos problemas, congratula-se com os resultados alcançados pelo governo, que encoraja a continuar o seu trabalho.

Críticas do PAICV a CMSV

O PAICV criticou a CMSV sobre o loteamento de terrenos em lugares que poe em risco a segurança das pessoas. Neste especto a líder do MpD em São Vicente remente o assunto para a edilidade, afirmando não estarem na posse de dados que possa ser feito um comentário sobre o assunto.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.