Cabo Verde cria Fundo de Capital Risco para pequenas empresas

11/11/2012 14:19 - Modificado em 11/11/2012 14:19

A Agência para o Desenvolvimento Empresarial e Inovação (ADEI) de Cabo Verde criou um Fundo de Capital de Risco dedicado às micro, pequenas e médias empresas (MPME), apresentado quinta-feira na Cidade da Praia.

 

A iniciativa foi apresentada pelo presidente da ADEI, Frantz Tavares, durante uma conferência sob o lema “Capital de Risco: Uma Solução para o Financiamento e Crescimento das PME”, adiantando que o fundo, inicialmente, contará com 50 mil contos (453 mil euros), prevendo-se que possa sextuplicar em seis anos.

 

“O fundo é um instrumento com uma abordagem diferente da do financiamento da banca comercial e pretende constituir-se como um parceiro de negócio, dado que o investimento é no capital da empresa e aporta capacidade de gestão e networking, consistindo num factor de desenvolvimento e crescimento do negócio”, disse.

 

Frantz Tavares recordou que os estudos realizados pelo Fórum Económico Mundial (FEM), pela Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e por instituições nacionais e internacionais vêm reiterando que o acesso ao financiamento é uma das principais ameaças do ambiente de negócios.

  1. eta-nois-.na-fita

    Andam mais é na brincadeira. Fundo de 50 mil contos? o que é 50 mil contos?.. nada…..
    “O fundo é um instrumento com uma abordagem diferente da do financiamento da banca comercial…….”. Isso que eu quero ver. A verdade é quem está metido nisso são também os bancos comerciais…..

    Não tenho qualquer fê nisso ai…passar bem

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.