César Lima: “Esta época foi extremamente positiva em todos os sentidos: desportivo e organizacional”

18/04/2018 10:50 - Modificado em 18/04/2018 11:23
| Comentários fechados em César Lima: “Esta época foi extremamente positiva em todos os sentidos: desportivo e organizacional”

Fonte: A Nação

A época 2017/18 sénior em São Vicente chegou ao fim após a conclusão, no fim-de-semana, da segunda mão da Liguilha entre a Académica do Mindelo e o Ponta d`Pom que culminou com a vitória da “Micá”, assegurando assim a manutenção. E, em jeito de balanço final, o Presidente da Associação Regional de Futebol de São Vicente, César Lima, adianta ao NN um balanço positivo a todos os níveis da época 2017/18.

César Lima está à frente da ARFSV desde a vitória da sua lista na Assembleia realizada em Setembro de 2017, para dirigir os destinos do Futebol na ilha. Com pouco tempo à frente desta instituição que rege o futebol em São Vicente, Lima congratula-se e regozija-se com os ganhos obtidos em todos os sectores, desde a sua entrada na Associação. “Esta época foi extremamente positiva em todos os sentidos: desportivo e organizacional. Os nossos campeonatos foram disputados até à última jornada e, acima de tudo, posso afirmar categoricamente que a aposta na formação é para continuar, porque tivemos, este ano, vários jovens a competir na 1ª e 2ª divisão. A nível do público também crescemos e tivemos outro ganho a nível da transmissão na plataforma digital”.

A entrada nesta época desportiva da Green Sports na transmissão dos jogos de futebol em São Vicente da 1ª divisão, é um dos marcos conseguidos por Lima e a sua equipa, neste primeiro ano de mandato e que, a seu ver, deu maior visibilidade aos jogadores da ilha e não tem dúvidas em afirmar que o futebol são-vicentino ficou a ganhar. “A nossa diáspora estava sedenta de ver os nossos jogos e possíveis talentos que podemos produzir”, sublinha César Lima, enaltecendo ainda que tem a garantia que os treinados passaram a fazer a recolha de imagens para melhor prepararem os jogos e, possivelmente, produzir vídeos para quem os requisitar.

O líder da ARFSV foi, depois, instado a comentar o alegado protesto que o Falcões do Norte deu entrada no Conselho Jurisdicional da Associação Regional de Futebol para a não homologação da classificação final da Segunda Divisão, alegando a inexistência de um regulamento que especifique todos os critérios de desempates do Campeonato da Segunda Divisão, e que posteriormente foi negado à equipa de Chã de Alecrim. Segundo o Presidente da ARFSV, todas as Associações de Futebol do país regem-se pelo regulamento Geral da FCF. “Pode não haver Regulamento, mas os Regulamentos da Federação Cabo-Verdiana de Futebol prevalecem sempre”, aguça Lima. Questionado se poderá haver a criação de um regulamento próprio da ARFSV, Lima é peremptórioao responder que “por ora não há nada”.

Com tudo fechado no panorama do Futebol Sénior em São Vicente para aépoca desportiva 2017/18, as atenções, como certifica César Lima, agora estão viradas para as Competições de Formação da Ilha e para o Campeonato Nacional, onde figura o CS Mindelense representante da ilha na maior montra do futebol em Cabo Verde. “Temos de apoiar o nosso campeão”, conclui Lima.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.