Grupo C: Campeões em título não acertam no passo e vêem Palmeira e Vulcânicos a fugirem na liderança

17/04/2018 07:20 - Modificado em 17/04/2018 07:20

O Sporting da Praia, contrariamente à época passada, está a ter um arranque de prova aquém das expectativas e, em duas jornadas, soma apenas um ponto enquanto que o Palmeira e o Vulcânicos já lideram com 4 pontos cada.

A formação salense do Palmeira conseguiu, no sábado, uma preciosa vitória no seu terreno frente ao Sporting da Praia por 1-0, resultado este que coloca a equipa do Sal no pódio do grupo e, por sua vez, os “Leões” da Capital estão a ter um início de prova conturbado. Um dado curioso nesta partida é que aos 33 minutos do primeiro tempo, o capitão do “Verdão”, Txoka, marcou o único golo da sua equipa, precisamente 33 anos depois do último golo do Palmeira na competição. O último golo da equipa verde do Sal na prova remonta à edição da prova de 1985, sendo que em 2002 a equipa salense não marcou nenhum golo na prova maior de clubes do futebol cabo-verdiano. O Sporting terminou esta partida reduzido a dez elementos após a expulsão de Cadú.

Quem não desperdiçou a hipótese de se colar na liderança do grupo é o Vulcânicos do Fogo que, neste domingo na deslocação à ilha do Maio, conseguiu vencer a equipa campeã local, o Barreirense, por 0-1. O único tento da partida e para o “Benfiquinha” foi apontado por Kevy já no decorrer do segundo tempo de jogo. Com esta vitória, os campeões do Fogo juntam-se ao Plameira na liderança do Grupo C.

Ao cabo das duas jornadas já disputadas, Palmeira e Vulcânicos repartem a liderança com 4 pontos, enquanto que Sporting e Barreirense continuam ambos com 1 ponto.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.