Ministro do Desporto sublinha forte investimento e dinâmica atual do desporto nacional

16/04/2018 00:32 - Modificado em 16/04/2018 00:32

Cabo Verde está a viver um bom momento no que tange ao desempenho e resultados desportivos internacionais, na realização e receção de grandes eventos desportivos nacionais e internacionais, bem como de investimentos e reforço no quadro do ordenamento jurídico. Estas foram algumas palavras do Ministro do Desporto (MD), Fernando Elísio Freire, na abertura da VII Reunião do Conselho Nacional do Desporto (CND), que decorre hoje, 13 de abril, no Estádio Nacional.

Na sua intervenção, Fernando Elísio Freire realçou o forte empenhamento do Governo em melhorar ainda mais as condições para a prática desportiva no país, tendo destacado o aumento de 31% no Orçamento para o Desporto em 2018 (o maior orçamento de sempre para o setor), como grande investimento feito no que diz respeito, por exemplo, à reabilitação de várias infraestruturas nacionais e regionais, de forma direta ou em parceria com as edilidades locais.

 Entre essas, destaca obras de melhoria tanto no Estádio Nacional como no Polidesportivo Vavá Duarte, ambos na cidade da Praia, sendo estes os principais palcos nacionais, no que diz respeito ao futebol, atletismo e desportos coletivos de salão. “E vamos continuar a investir nos próximos anos”, no parque desportivo do país, sublinha, reconhecendo, todavia, que “encontramos uma margem, pois o desporto é mesmo isso, uma corrida de estafetas e é com esse espírito que temos de encarrar as coisas para que cada um possa fazer a sua parte em prol do desporto”, reflete Elísio Freire.

 O MD frisa ainda a melhoria substancial na gestão do Estádio Nacional que trouxe “nova vida” ao recinto. Para isso, contribui, também, e de uma forma decisiva, no financiamento e na implementação do Centro de Alto Rendimento Desportivo, iniciativa direta do Ministério do Desporto, que promete trazer um novo alento no que concerne à produção e preparação de atletas de alto rendimento e que tem a sua sede no Estádio Nacional. Trata-se de uma medida estruturante e de grande fôlego como é, igualmente, o Programa Nacional de Atividade Física – MexiMexê, que já começa a se desenhar e a fazer sentir-se nos vários municípios do país.

O compromisso assumido – desde a primeira hora da sua tomada de posse enquanto Ministro do Desporto – de colocar Cabo Verde na rota dos grandes eventos desportivos internacionais e fazer do desporto um fator de crescimento da economia e desenvolvimento de Cabo Verde, começa a materializar-se, basta ver, recorda Freire, os vários acontecimentos desportivos de grande porte e relevância para o país que o Governo tem estado a promover de forma direta ou como parceiro.

 É o exemplo da primeira etapa do Circuito Mundial de Kitesurf- GKA, realizado recentemente na ilha do Sal, ou os Jogos da CPLP em 2016, também na ilha do Sal, este último tido como o evento de maior envergadura jamais realizado em solo cabo-verdiano e que envolveu mais de 700 pessoas entre atletas, técnicos e outros intervenientes. Ainda no ano passado a cidade da Praia acolheu a segunda edição do Campeonato Africano de Futebol para Cegos, mais um exemplo desta dinâmica positiva.

 Neste sentido, a tendência é da afirmação cada vez mais deste novo paradigma, com os já anunciados os Primeiros Jogos Africanos de Praia, programados para 2019 e que prevê uma participação de mais de mil atletas e outros intervenientes diretos. Este promete ser o maior acontecimento desportivo de sempre a realizar-se no país, porque conforme enfatizou Freire, “o nosso foco é, e será sempre, trabalhar para o desenvolvimento do desporto nacional”.

 

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.