UNESCO lança concurso de fotografia sobre Património da Humanidade

11/04/2018 01:53 - Modificado em 11/04/2018 01:53
| Comentários fechados em UNESCO lança concurso de fotografia sobre Património da Humanidade

O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, através da Comissão Nacional da UNESCO (CNU), informa que se encontra aberto o concurso de fotografia para promover o património mundial africano e a importância da Convenção do Património Mundial em África, relacionados com propriedades culturais, naturais ou mistas do Património Mundial.

 Para Cabo Verde, o concurso é referente à Cidade Velha, único sítio do país elevado a Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO, em 2009.

 O concurso é destinado a jovens dos 18 aos 28 anos, e fotografias registadas no sítio, por telemóvel, câmera fotográfica ou qualquer outro dispositivo, nos últimos cinco anos, ou seja, depois de 30 de abril de 2013. As fotos podem conter cores ou filtros aplicados, mas não devem ser manipuladas digitalmente em termos de conteúdo e contexto.

 Os concorrentes devem publicar as fotos na rede social Instagram com o hastag #MyAfricanHeritage e o perfil do Instagram do participante deve ser “Público” para que seja visível para a UNESCO, e enviadas pelo Instagram até 30 de abril de 2018 às 19h00 horas de Paris (GMT + 2).

 Os três vencedores poderão ganhar uma viagem para duas pessoas para Ngorongoro Conservation Area (NCA) & Serengeti National Park, Tanzânia, Robben Island, África do Sul e Cidade Velha, sítio histórico, Cabo Verde.

 Termos de referência:

Os membros da equipa da UNESCO (seja permanente ou temporário) não são elegíveis para participar.

  1.  As inscrições destinam-se a apresentar e promover o património mundial africano e a importância da Convenção do Património Mundial em África. Eles podem se relacionar com propriedades culturais, naturais ou mistas do Património Mundial (ou seja, sítios que estão inscritos na lista do Património Mundial). Neste caso, para Cabo Verde, só valem fotos da Cidade Velha.
  1. Não há limites para o número de fotos/submissões que cada participante pode enviar. A foto pode ser preparada usando um telemóvel, uma câmera ou qualquer outro dispositivo. Quaisquer despesas incorridas durante a apresentação devem ser arcadas pelo participante.
  1. Não há registro. A entrada é determinada pelo post da foto com acompanhando de descrição no Instagram e marcação do hastag #MyAfricanHeritage. Para ser elegível, o perfil do Instagram do participante deve ser “Público” para que seja visível para a UNESCO.
  1. As inscrições devem ser enviadas pelo Instagram até 30 de abril de 2018, às 19h00 horas de Paris (GMT + 2). As inscrições publicadas após este prazo não serão consideradas.
  1. As fotos deverão ser acompanhadas de um texto escrito pelo próprio Participante. Verificações podem ser feitas para confirmar que o participante é o proprietário da foto. As fotos devem ter sido tiradas nos últimos cinco anos, ou seja, depois de 30 de abril de 2013, no sítio. As fotos podem conter cores ou filtros aplicados, mas não devem ser manipuladas digitalmente em termos de conteúdo e contexto.
  1. Ao enviar as fotos, os participantes aceitam que essas possam ser usadas pela UNESCO como parte de suas atividades de comunicação. Ao participar, os participantes declaram concordar que a UNESCO possa usar o material de acordo com a política de acesso aberto da UNESCO.

Até três (3) fotos/vencedores poderão ganhar uma viagem para duas pessoas, para Ngorongoro Conservation Area (NCA) & Serengeti National Park, Tanzânia, Robben Island, África do Sul Cidade Velha, Cabo Verde. Mais informações: http://whc.unesco.org/en/myafricanheritage

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.