Campeonato Nacional de Futebol: Cada vitória na fase de grupos vale prémio de 25 mil escudos

11/04/2018 01:24 - Modificado em 11/04/2018 01:24

A Federação Cabo-verdiana de Futebol vai atribuir um montante de 25 mil escudos a cada vitória para as equipas inseridas no CNF. Estão previstos prémios também para os atletas que se destacarem individualmente, para além de prémios monetários aos clubes a partir das meias-finais.

No regulamento da prova a que teve acesso, de acordo com a Inforpress, o clube que se sagrar campeão nacional de futebol vai receber um montante de 200 mil escudos, isto para além da Taça de Campeão e das medalhas. As duas equipas que se apurarem para a final vão ter direito a um prémio de 100 mil escudos, enquanto que as quatro equipas que marcarem presença nas meias-finais da competição receberão 50 mil escudos cada.

Sem contar com o valor monetário que cada equipa irá receber durante a fase de grupos da prova, o certo é que o clube que erguer a Taça de Campeão vai ter direito a 350 mil escudos. No entanto, e como adianta a mesma fonte, as 12 equipas presentes no CNF 2017/18 vão receber 50 mil escudos.

Para além dos prémios colectivos, a FCF vai distinguir o melhor jogador da competição que vai ser distinguido a partir dos votos dos treinadores que estão na prova e dos jornalistas desportivos que cobrem as partidas, isto através da coordenação da Federação Cabo-verdiana de Futebol. O melhor jogador vai ser distinguido através de pontuações, em que cada treinador elege dois melhores jogadores das equipas adversárias e os jornalistas distinguem dois melhores jogadores que vão ter uma cotação de um a três pontos.
O melhor guarda-redes da competição vai sair atribuído através da divisão dos golos sofridos pelo tempo jogado durante a competição.

  1. antonio Gomes

    Faz o que pode a Federação. Esses montantes serão bem vindos para as equipas. É verdade que as autoridades deveriam repensar, porque senão devemos aplicar os valores que se aplicam nos festivais em Futebol ou seja no desporto. vamos parar para pensar. Festivais atraem consumos de álcool e outras drogas que naturalmente trazem prejuízos para saúde, corrompem a juventude, propicia mais criminalidade, facilita alteração do comportamento dos jovens adolescentes, tornam-os mais agressivos. No desporto os investimentos só trazem alegrias e ganhos tanto para saúde individual como do pais mas recuperamos talentos

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.