“Tchon Poesia” para potenciar a leitura e a criação poéticas

10/04/2018 01:30 - Modificado em 10/04/2018 01:30

São Vicente acolhe de 09 a 12 de Maio o evento “Tchon Poesia”, apresentado hoje, com o objectivo de potenciar a leitura e a criação poéticas, iniciativa do Centro Cultural do Português – Polo do Mindelo (CCP-PM).

Segundo o director do CCP-PM, João Branco, trata-se de um evento novo que se enquadra no programa de actividade anual do centro, e proposto no âmbito da dinamização do Espaço Fernando Pessoa do CCP-PM, com curadoria do poeta português José Pinto.

“Tchon Poesia” é um encontro internacional de poesia e poética do Mindelo e deve congregar artistas cabo-verdianos, galegos (Espanha) e portugueses, com actividades durante dois dias, das 10:00 às 24:00, sempre em lugares diferentes como Centro Cultural do Mindelo, praças, parque infantil, CCP-PM e ALAIM.

“É algo que a cidade ainda não tinha explorado, esse seu potencial para as diferentes poesias, não só a poesia cantada, mas a poesia dita, a poesia escrita, a poesia feita em performance, a poesia visual”, lançou João Branco, não fosse Mindelo, ajuntou, uma “cidade riquíssima” em todos esses domínios de manifestação de poesia.

Aliás, a ideia, segundo a mesma fonte, é o evento continuar no futuro devido ao seu potencial “muito grande”, para “crescer mais” e ser um “acontecimento importante” da cidade do Mindelo.

O curador do “Tchon-Poesia”, José Pinto, por seu lado, explicou que ideia de efectuar a conferência de imprensa da manhã de hoje de apresentação do certame, na Rua de Matigim, conhecida rua da baixa do Mindelo como rua da boemia, mas que José Pinto trata-se de uma rua de poesia, com poetas não necessariamente escrito.

“Queremos é que toda a gente ande com poemas nos bolsos e durante os quatro dias do encontro venha partilhar connosco”, lançou a mesma fonte.

O programa do evento inclui conversas, oficinas, monólogos, performances, teatro, música, lançamento de livros e revistas, feira da poesia e alfabarrismo, e troca de livros para democratizar um pouco mais o acesso à literatura.

O encontro tem três línguas, a portuguesa, a galega e o crioulo para estabelecer pontos Mindelo-Mundo, Mundo- Mindelo, conforme a mesma fonte, estando já confirmadas as presenças de artistas nacionais como Bento Oliveira, António Tavares, Irlando Ferreira, Hélder Doca, Vera-Cruz, Inês Ramos, pe. João de Brito, Filinto Elísio, João Branco e Janína Alves, entre muitos outros.

De outros países virão um livreiro de Portugal, uma actriz portuguesa, Ana Sofia Paiva e dois poetas e performances galegos, entre outros.

“O objectivo é desmistificar, projectar e suscitar a palavra poética no seio da comunidade são vicentina, a partir de uma abordagem transdisciplinar, intercultural e participada, promovendo a leitura e a criação poética”, concluiu o curador do “Tchon Poesia – encontro internacional de poesia e poética do Mindelo”.

Inforpress

  1. Dje Guebara

    Ao ver a esplanada me faz recordar os meus tempos de juventude ali sentando D’box d’ pôs. Minha terrinha minha amada, cias de Core, cais de Shell, cais nacional cais de alfândega, cais de miller. Que belas recordações. recordações de infância.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.