OACV considera que o Juiz ao timbrar a figura de Zorro numa sentença ultrajou os símbolos nacionais

5/04/2018 02:56 - Modificado em 5/04/2018 02:56

A Ordem de Advogados de Cabo Verde (OACV) reagiu a facto do Juiz Antero Tavares ter redigido a sentença que condenou a tripulação de um veleiro onde foi encontrado mais de uma tonelada de cocaína em papel com o símbolo da Republica no cabeçalho e timbrado com ao centro com a figura do Zorro. Em comunicado a OACV considera que redigir uma sentença nessas circunstâncias” é muito grave porque ofende grandemente os símbolos da República, abala profundamente a seriedade e a credibilidade da Justiça e do Estado de Cabo verde. 

“A OACV considera que “ confundir ou substituir os símbolos nacionais por outros relacionados com figuras de ficção em documentos oficiais e solenes como os depositários de sentenças dos tribunais, pilares sagrados do Estado de Direito Democrático, para além do desproposito e total ausência de responsabilidade poderá consubstanciar um crime de ultraje ao símbolos nacionais “ Por isso a OACV espera considera o acto “ intolerável e profundamente grave o ocorrido, por isso apela e espera que as autoridades competentes assumam as suas responsabilidade e promovam as medidas que se impõem”

Para a OACV a figura do Zorro que foi adaptada para o cinema, televisão, desenhos animados simboliza um justiceiro solitário que age contra tiranos e vilões e outras vezes se apresenta como um bandido que humilha as autoridades

 

Clique aqui para ler o comunicado na íntegra.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.