Economia Marítima em São Vicente: Governo quer ser apenas um facilitador de novas oportunidades

4/04/2018 15:38 - Modificado em 4/04/2018 16:26

dav

Na manha desta quarta-feira, o Ministro de Economia Marítima, José Gonçalves reuniu-se em São Vicente, com uma delegação do arquipélago das Canárias, chefiada pelo vice-presidente do governo das Canárias, e contou com a representação da embaixada de Espanha em Cabo Verde e vários “privados renome” da área ligada ao mar, construção naval, estaleiros e turismo e ainda o cônsul honorário nas Canárias.

Num encontro que decorreu na sede do Ministério da Economia Marítima, instalado em São Vicente, e que pela primeira vez, desde a sua inauguração recebe uma comitiva internacional e que segundo Gonçalves o encontro foi bastante satisfatório para ambos os lados, e que isso demonstra “esta cooperação rica que nasceu aqui”, conforme avança, os primeiros contactos com o governo das Canárias foi a partir de São Vicente e “hoje foram retomadas as oportunidades que existem nos sectores ligados a economia marítima, ao turismo, precisamente, que são oportunidades de investimento para criar mais postos de trabalho, mais riquezas”, afirma.

O governante disse ainda na altura, que o papel do governo é simplesmente facilitar “essas novas oportunidades que se baseiam nos dois grandes sectores, o turismo que é uma grande marca das Canárias e da área da economia marítima”.

De visita em São Vicente, a comitiva visitou esta terça-feira diversas instituições marítimas residentes na ilha.

Para Gonçalves, o governo das Canárias e os empresários estão cientes do projecto do Terminal de Cruzeiros aqui em São Vicente e por terem uma grande experiência esta área, acredita que todos tem a ganhar com esta colaboração, um vez que estamos no circuito do turismo. “Estamos na Macaronésia e estando na cauda, onde o arquipélago das Canárias tem um peso muito expressivo, o nosso Terminal de Cruzeiros certamente vai ter um papel  importante de dinamizador neste segmento de mercado”, conclui o governante.

Por seu lado, Pablo Rodrigues corrobora as palavras de Gonçalves e assegura que foi um encontro bastante positivo e que o governo das Canárias está trabalhando em colaboração com Cabo Verde em tudo aquilo que tenha a ver com o “assessoramento, questões portuárias, terminal de cruzeiros e com a experiencia que temos podemos colaborar de maneira positiva com Cabo Verde”.

EC

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.