Mulher que disparou na sede do Youtube encontrada morta

4/04/2018 02:15 - Modificado em 4/04/2018 02:15
| Comentários fechados em Mulher que disparou na sede do Youtube encontrada morta

Autoridades descartam hipótese de terrorismo e falam em problemas domésticos para justificar tiroteio. 

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, uma delas com gravidade, durante um tiroteio na sede do YouTube em San Bruno, na Califórnia. Ao que tudo indica, o tiroteio foi causado por uma mulher com cerca de 30 anos, que abriu fogo com uma pistola na zona de refeições no exterior do edifício e que foi encontrada já morta pelas autoridades.  A polícia ainda está a investigar o caso, mas já descartou a hipótese de terrorismo, avançando com a mais possível tese de que se poderá tratar-se de um problema doméstico.  Os hospitais locais também já garantiram ter recebido várias vítimas. O porta-voz do Hospital de San Francisco, Brent Andrew, afirmou que receberam três feridos, um homem de 36 anos em estado crítico, uma mulher de 32 anos em situação grave e uma mulher de 27 anos em s

Vadim Lavrusik, um dos funcionários da empresa, relata no Twitter que ouviu tiros e que se barricou com colegas numa sala. Mais tarde, todos foram retirados do local pelas autoridades. Trabalham no campus do Youtube em San Bruno 1700 pessoas. 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.