Combustíveis estão mais caros

2/04/2018 02:36 - Modificado em 2/04/2018 02:36
| Comentários fechados em Combustíveis estão mais caros

A ARE atualizou os preços de todos os combustíveis e do butano, e estes ficaram mais  caros, desde das 00:00h do dia um de Abril, depois de ter sofrido uma pequena diminuição dos preços na atualização de Março. E estes preços vão vigorar até o fim do mês, 30 de Abril, quando a ARE fizer a nova atualização mensal. 

 

Com esta atualizaçao  a gasolina passou a ser vendida a 119,10 escudos/litro (ECV), o gasóleo normal, a 95,10 escudos/litro (ECV), o gasóleo para electricidade, a 79,90 escudos/litro (ECV), o gasóleo marinha, a 67,40 escudos/litro (ECV), o petróleo, a 82,80 escudos/litro (ECV), o fuel 380, a 51,90 escudos/litro (ECV) e o fuel 180, a 61,20 escudos/litro (ECV).

O butano também sofre alterações. Com a nova tabela passa a ser vendido por

O butano sofre também uma subida e vai ser vendido a granel por 124,9 escudos/quilograma (ECV/kg). desde modo as garrafas de 3 kg passaram a custar 356,00 escudos, as de 06 kg ficaram por 749,00 escudos, as de 12,5 kg por 1.561,00 escudos e as de 55 kg, 6.867,00 escudos.

Como explica a ARE em comunicdo, “conforme os dados publicados no Platts European Marketscan e LPGasWire, os preços dos combustíveis nos mercados internacionais, cotados em USD/ton, apresentaram uma tendência de subida durante o mês de março, mantendo a tendência ascendente iniciada em meados de fevereiro. Isso fez com que os preços dos combustíveis no mercado nacional registassem variações pouco significativas: os preços do Butano e da Gasolina aumentaram 1,38% e 0,85%, respetivamente, enquanto os do Fuel 380 e 180 diminuíram 0,95% e 0,65%, respetivamente. O preço do Petróleo também reduziu ligeiramente em 0,72%. Em relação ao Gasóleo Normal, Gasóleo Eletricidade e Gasóleo Marinha, os preços não registaram alterações comparativamente ao mês anterior.

Por um lado, a cotação do último dia (útil) do mês de março do câmbio EUR/USD, tendo como referência o site da BLOOMBERG  (14h no horário de Frankfurt), evidenciou uma apreciação do euro face ao dólar americano. A moeda única europeia aprecia 0,83% para 1,2319 dólares, amenizando o efeito da evolução internacional dos preços do petróleo no mercado interno, tendo em conta que a matéria-prima é negociada em dólares.
Por outro lado, a justificar a evolução dos preços dos combustíveis esteve, essencialmente, a possibilidade da OPEP manter o corte de produção até 2019 e dos Estados Unidos aplicarem novas sanções ao Irão, que é um grande produtor desta matéria-prima.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.