Maio: PAICV acusa o autarca de pautar a sua gestão pela partidarização e descurar as condições laborais da população

28/03/2018 01:10 - Modificado em 28/03/2018 01:10
| Comentários fechados em Maio: PAICV acusa o autarca de pautar a sua gestão pela partidarização e descurar as condições laborais da população

Fernando Frederico acusa o Presidente da ilha do Maio, Miguel Rosa, de falta da verdade de forma despudorada, alegando que a comitiva sindical da UNTC-CS integrava indivíduos afectos tanto ao MpD (poder) como ao PAICV e acusa ainda a CMM de abuso de poder e assédio laboral há mais de 20 anos.

O Presidente da Comissão Política do PAICV, Fernando Frederico, acusa o autarca de pautar a sua gestão camarária pela partidarização e descurar as condições laborais da população, beirando o trabalho escravo e que as vítimas, muitas vezes, têm-se remetido ao silêncio por medo de sofrerem represálias e perderem o seu ganha-pão e que os maienses “estão fartos de saber da situação vergonhosa que se configura a trabalho escravo”, tal como foi dito pela Secretária-geral da central sindical UNTC-CS e ressalva que “tais atropelos” aos direitos dos trabalhadores não se restringem aos guardas afectos aos Serviços Autónomos de Água e Saneamento.

Os guardas afectos à Câmara, os guardas florestais, da Delegação e do Centro Zootécnico do Ministério da Agricultura e Ambiente, do Ministério da Educação e do Tribunal da Comarca, também estão abrangidos no que considera trabalho escravo, uma vez que estes trabalhadores trabalham 12 horas diárias, de forma ininterrupta e sem direito ao descanso semanal e sem poderem desfrutar dos feriados, além de auferirem salários de miséria.

Relembra a Miguel Rosa para cumprir as promessas feitas à população, como a conclusão do Estádio Municipal, a construção dos estádios de futebol em Calheta e Barreiro,  o arranque das obras do pavilhão desportivo na cidade de Porto Inglês, a implementação da rede de esgotos e de uma estação de tratamento de águas residuais, a requalificação das ruas da Calheta e Ribeira de Fontona, entre outros.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.