MPD – São Filipe: defende das críticas da GPAIS atirando-se ao ex-autarca  

26/03/2018 06:38 - Modificado em 26/03/2018 06:38
| Comentários fechados em MPD – São Filipe: defende das críticas da GPAIS atirando-se ao ex-autarca  

Para o MpD na ilha do Fogo, São Filipe, o antigo autarca tem que aceitar efetivamente que perdeu as eleições, e que foi repudiado pelo  o PAICV . Estas são as palavras do líder da bancada do MpD no Assembleia Municipal de São Filipe, José Henrique Andrade. Isto depois do Grupo Independente por Amor Incondicional a São Filipe (GPAIS) liderado por Luís Pires, ter denunciado o que considera graves ilegalidades praticadas  pela edilidade, e também de condenar medidas que na sua óptica do seu grupo tem prejudicado a população. Um dos pontos de crítica da GPAIS é de que a Câmara “que recebe tanto dinheiro do governo e herdado mais de setecentos mil contos em projetos, tenha feito um empréstimo no valor de cento e setenta mil contos”, e na mesma linha avança que a câmara somente cumpriu cinquenta por cento  então do plano de atividades de 2017”.

Para Andrade “o líder da Bancada do GPAIS, não se deve embalar na ladainha do vereador sem pasta, Luís Pires. Por um lado, as alegadas ilegalidades/irregularidades, deverão ser arguidas em sede própria e em tempo, sob pena de não serem levados a sério, pelos seus destinatários. Nesses dezoito meses da governação local, nenhum eleito municipal, usou a acta para protestar as alegadas ilegalidade/irregularidades, pois, num no Estado de Direito Democrático, há meios típicos e adequados para curar os vícios de ilegalidade/irregularidades, ” como afirma. E acrescenta que não devem ser feitas em conferência.

O MpD, que suporta a câmara na ilha, avança que o propósito do grupo é o poder. E as acusações são feitas a pessoa do antigo presidente Luís Pires, de que “outro vez usando uma voz virgem e inocente do líder da bancada do GPAIS, para enganar os munícipes. Para o líder da bancada do MpD “O propósito, firme, consciente e deliberado do Sr. Luís Pires é desviar atenção dos Munícipes e fazer a Câmara perder o foco, que é a felicidade dos Munícipes, a beleza e grandeza do Município em todos os sectores”.

E continuando as críticas avança que o antigo autarca sonhou, prometeu realizações, mas não conseguiu realizar. E enumera algumas obras realizadas, que estão a ser realizadas ou completadas pela atual câmara. “O Sr. Luís Pires, teve quatro, como presidente à frente da Câmara Municipal de São Filipe, com fraco desempenho, quer a nível político, quer a nível de governação. Prova disso é a recusa perentória do apoio do seu partido  “tambarina” aquando das eleições autárquicas de 2016”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.