TriplXXX de volta a activa  com  “real nigga”

23/03/2018 07:31 - Modificado em 23/03/2018 07:33
| Comentários fechados em TriplXXX de volta a activa  com  “real nigga”

O grupo de música Tripl XXX, de São Vicente, está de volta a activa. Tripl XX é um grupo formado em 2012 por jovens mindelenses. Depois de uma paragem, volta agora com o seu primeiro single “real nigga”, um tema que fala sobre a amizade entre jovens e que revela frases, como considera o elemento do grupo Djai Kingston.

Como nos conta Kingston, o grupo foi formado quando ele e dois amigos se juntaram para fazer uma música em homenagem a um amigo. Desta parceria fizeram uma música e, devido aos vários elogios que receberam, os rapazes foram incentivados a continuar o trabalho. Com a ajuda de um amigo, GZO, conseguiram gravá-la e, desde então, o grupo tem dado os seus passos. Já inserido no mundo da música, começaram a conhecer outras pessoas que fizeram colaborações como, por exemplo, o grupo Double HB.

O grupo não se define apenas como um estilo musical, mas mistura de hip hop, R&B e ainda rock. “Todas as pessoas que ouvem as nossas músicas podem sentir esta mistura e é o que vamos continuar a fazer”. E nos instrumentais, os elementos escrevem sobre o amor, a vida quotidiana mindelense, os problemas sociais, tentando incluir o máximo de temas nas músicas. “A música é uma oportunidade de expressar os sentimentos e existem muitos amores, raiva, frustração. Todos estes aspectos podem ser expressos através da música e é o que fazemos”, segundo Kingston.

“Tema sobre o amor, vida quotidiana, da sociedade, dos problemas sociais, dos estudantes, enfim, tentamos trazer tudo”.

Depois de uma paragem de cerca de um ano, o grupo volta agora com um novo tema que é o presságio para um trabalho maior. E o grupo não quer parar; quer continuar a trabalhar e a trazer novas músicas e sentimentos para as pessoas. “O nosso objectivo é o de dar o máximo possível para partilhar o nosso trabalho e conseguir mais com o lançamento de um álbum, trazendo mensagens positivas”.

“Esta música fala de uma amizade entre dois jovens e temos muitas coisas, palavras que gostávamos de dizer a um amigo e, muitas vezes, não dizemos. Talvez porque é difícil encontrar um bom amigo, pelo que tentamos demonstrar na letra como se consegue ver esta ligação para toda a vida”. Música que conta com a participação de outro jovem talento, Jimmy, mas este na guitarra.

O feedback, segundo Kingston, tem sido positivo e com muitas pessoas a elogiaram a música, o que constitui uma motivação para que o grupo possa prosseguir com o seu trabalho.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.