Governo vai aprovar tarifa social de água ainda este mês

23/03/2018 06:59 - Modificado em 23/03/2018 06:59

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, falava no ato de Inauguração do Projeto de melhoria do sistema de abastecimento de água ao Município de Santa Cruz, tendo assegurado para este mês, na próxima quinta-feira, a aprovação no Conselho de Ministros da Tarifa Social de água.

“É uma tarifa definida de uma forma muito objetiva que vai permitir com que as famílias mais pobres possam ter um desconto no consumo da água. Terão um determinado plafond de consumo na redução do custo de água”, garantiu.

Ulisses Correia e Silva avançou, por outro lado, que o governo vai desenvolver um conjunto de medidas relacionadas com o setor agrícola, no âmbito do Programa de Mitigação da Seca e o Mau Ano Agrícola, que passam pela introdução e massificação do rega gota-a-gota, utilização de novas tecnologias na produção agrícola, unidades de reutilização das águas residuais e criação de novas estações de dessalinização, assim como mais investimentos nas energias renováveis.

Ainda, lembrou que a linha de crédito negociada com o governo da Hungria no valor de 30 milhões de euros será aplicada essencialmente na mobilização de água, mormente para a agricultura.

Relativamente ao Projeto de Abastecimento de Água ao Município de Santa Cruz, financiado pelo Millennium Challenge Corporation, em que presidiu ao ato de inauguração, o chefe do Governo enalteceu o contributo que os Estados Unidos de América têm dado na sua cooperação e parceria com Cabo Verde no quadro do MCC.

“A execução dos pacotes terminou, mas os investimentos úteis ao país ficam como grandes resultados, na economia, na melhoria da qualidade de vida das pessoas e perspetivando um futuro promissor”, reconheceu Ulisses Correia e Silva, sublinhando que os investimentos no setor da água são muito evidentes.

 

Para o primeiro-ministro, é notável a diferença na casa de uma família que antes não tinha acesso à agua canalizada e que agora tem. Pelo que destacou o acesso à agua como um bem básico essencial e que representa a redução de um esforço muito ligado às mulheres.

 

“São elas que saem de casa para apanhar este precioso líquido, gastando energia, tempo que podia ser utilizado em outras tarefas, e pagando mais caro, quer através dos chafarizes quer através de autotanques, acrescentou Correia e Silva para quem há uma discriminação muito negativa para com aqueles que são mais pobres. Têm menos rendimento, pagam mais caro e têm mais dificuldades em ter acesso à agua. Por isso, “esses investimentos tocam verdadeiramente àqueles que precisam”.

 

Por fim, para Santa Cruz, o Primeiro-ministro comprometeu-se com a implementação um grande programa de desencravamento no concelho, beneficiando localidades com potencialidades agrícolas.

Ribeira dos Picos, com financiamento garantido do Banco Mundial, São Cristóvão, Mato Afonso, Boaventura, Ribeira Cuba, Fundura e Matinho, são algumas das várias localidades que serão beneficiadas. Conforme o Chefe do Governo, a nível de Santiago, Santa Cruz vai ser o concelho com mais investimentos de desencravamento.

  1. Maria José

    “MpD deveria estar concentrado em governar em vez de atacar a líder da oposição”, diz Janira Hoffer Almada.
    MPD nao ataca ninguem muito menos a lider da Oposicao. Quem é essa crianca mimada e nepotista pensa que é? Ela é que ataca a sua propria pessoa pelas atitudes impensaveis que tem.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.