MPD – PAICV com visões diferentes na Ribeira Grande de Santiago

21/03/2018 07:13 - Modificado em 21/03/2018 07:13
| Comentários fechados em MPD – PAICV com visões diferentes na Ribeira Grande de Santiago

Continua a saga de desentendimentos entre o PAICV e o MPD, neste caso, no Município da Ribeira. Depois do PAICV ter feito a sua avaliação sobre o programa de mitigação dos efeitos do mau ano agrícola, tendo acusado o Governo de fazer propaganda enganosa com o programa, defende que o mesmo não tem surtido efeito no Concelho. Descreve a situação das pessoas que classifica de sofrimento e de desânimo. Outro facto apontado pelo PAICV é a má qualidade da forragem que tem sido vendida aos criadores de gado e, ainda, que muitas promessas de campanha feitas pelo MpD não têm sido cumpridas.

Em resposta, o MpD analisa a situação de forma diferente. Classifica o partido de estar sem Norte e a atacar tudo e todos sem pensar nas consequências dos actos. Nesse aspecto, Alcides de Pina, do MpD, avança que o PAICV “de forma irresponsável acusa uma empresa nacional de péssima qualidade e de que não serve”. O MpD da Ribeira Grande de Santiago avança que a afirmação não faz muito sentido visto que quando a oposição era Governo, era a mesma empresa que produzia e não era de má qualidade.

O MPD fala ainda da manobra para passar uma má imagem do Primeiro-ministro. Neste particular, adianta que durante a visita do Primeiro-ministro, as pessoas que falaram para a comunicação social demonstrando o próprio descontentamento com as políticas do Governo, são membros do PAICV no Município e que, inclusive, estiveram nas listas do partido.

Pina fala dos ganhos para o Município e da boa relação entre a edilidade e o Governo que tem proporcionado o desenvolvimento da Ribeira Grande.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.