Boavista: Prisão preventiva para dois suspeitos de abuso sexual contra crianças  

20/03/2018 06:54 - Modificado em 20/03/2018 06:54
| Comentários fechados em Boavista: Prisão preventiva para dois suspeitos de abuso sexual contra crianças  

O Tribunal da Comarca da Boavista decretou a prisão preventiva como medida de coacção a dois indivíduos suspeitos da prática de crimes de abuso sexual contra duas crianças que ocorreram em 2017.

Os crimes, de acordo com um comunicado da Polícia Judiciária (PJ), ocorreram no ano passado e tiveram como vítimas duas primas, na altura com 9 e 12 anos, respectivamente.

Os suspeitos, de 18 e 40 anos, são naturais da ilha de Santiago e da Guiné-Bissau e, segundo a PJ, foram detidos fora de flagrante delito, no dia 13 de Março, e presentes ao Tribunal dentro do prazo legal para efeito de promoção do primeiro interrogatório judicial.

Segundo a mesma fonte, a detenção feita pelo Núcleo de Prevenção e Investigação Criminal da Boavista, aconteceu no Bairro de Boa Esperança, mais conhecido por “Barraca”.

Segundo a mesma fonte, a detenção feita pelo Núcleo de Prevenção e Investigação Criminal da Boa Vista, aconteceu no Bairro de Boa Esperança, mais conhecido por “Barraca”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.