Lágrimas e ovação de 15 minutos na leitura do guião de ‘Game of Thrones’

15/03/2018 07:31 - Modificado em 15/03/2018 07:31
| Comentários fechados em Lágrimas e ovação de 15 minutos na leitura do guião de ‘Game of Thrones’

Executiva da HBO fez descrição reveladora sobre a história da oitava e última temporada da ‘Guerra dos Tronos’.

‘cair do pano’ da sétima temporada de ‘Guerra dos Tronos’ – que aconteceu no já longínquo verão de 2017 – mostrou o início do inverno que ameaçava a sua chegada desde que a série começou: o temível exército de ‘White Walkers’ a marchar para sul, naquilo que deverá ser o fim de Westeros ou deles próprios.

A oitava e última temporada regressa só em 2019, depois de sucessivos adiamentos que em nada ajudam à especulação. Ainda assim, a própria HBO parece querer manter os fãs em xeque e, através de uma executiva, Francesca Orsi, levantou o véu sobre a aguardada última volta.

A falar numa conferência em Israel, na última terça-feira, Orsi descreveu a leitura do guião para o último episódio, que já deve ter acontecido há alguns meses, e a coisa parece não oferecer tréguas: “Nenhum dos atores tinha recebido o guião antes e, um por um, foram morrendo. No final, nas últimas palavras do texto final, as lágrimas começaram a cair. Depois ouve um aplauso que durou 15 minutos”.

A afirmação da responsável é clara, haverá muitas mortes, como é usual, mas sendo “um por um” a cair, avizinha-se talvez um contagem de fatalidades ao nível do famoso nono episódio da terceira temporada, ‘The Rains of Castamere’, onde assistimos ao trágico ‘Red Wedding’.

Orsi diz ainda que a leitura do guião foi “realmente um momento muito poderoso nas nossas vidas e nas nossas carreiras”.

Esta não é a primeira vez que um dos envolvidos na série fala sobre a última temporada. Sophie Turner (Sansa Stark) afirmou, em dezembro do ano passado, que a leitura dos guiões foi “agridoce” e que a história “é muito poderosa” e “incrivelmente emocional”.

A nova temporada, recorde-se, terá seis episódios, escritos por David Benioff, D.B. Weiss, Bryan Cogman e Dave Hill, com o autor da história, George R. R. Martin, no papel de co-produtor executivo, como já aconteceu nas anteriores.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.