CPI/TACV: Eduíno Moniz acusa os governos de não estarem à altura da TACV

14/03/2018 07:05 - Modificado em 14/03/2018 07:05
| Comentários fechados em CPI/TACV: Eduíno Moniz acusa os governos de não estarem à altura da TACV

O Comandante da TACV ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a TACV abordou questões operacionais para alguns problemas da empresa como a mudança de operações para os aeroportos de São Vicente e Praia “que encareceram as operações”. Neste aspecto, fala sobre as condições das pistas que, com esta mudança, houve uma diminuição de catorze mil horas para oito mil horas de voo.

Sublinha que todos os administradores fizeram melhor, dando o exemplo de casos em que foram feitas propostas ao Governo que, no entanto, não foram consideradas. E culpa os governos de não terem estado à altura da empresa.

“Todos os governos; não houve nenhum governo que estivesse à altura e que conseguisse acompanhar a TACV no seu desenvolvimento relegando ao conflito, com os administradores a saírem”.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.