Capitão e marinheiro corroboram investigação da PFB : não sabiam que veleiro tinha droga

12/03/2018 14:46 - Modificado em 12/03/2018 14:48
| Comentários fechados em Capitão e marinheiro corroboram investigação da PFB : não sabiam que veleiro tinha droga

Os depoimentos do capitão do veleiro e do marinheiro  Daniel Guerra  perante o juiz  atestaram a investigação final da Policia Federal Brasileira  que a tripulação não sabia que o veleiro transportavam cocaína . Da parte do capitão ficou claro que chegou ao veleiro três dias  antes da partida do veleiro  e que nesse espaço de tempo, onde o barco estava , não havia como carregar os 1157 quilos de cocaína . E muito menos modificar a estrutura do veleiro e acomodar a droga  onde foi encontrada. O capitão disse que  foi chamado de “ urgência para substituir outro capitão “ e que fez as vistorias de rotina  e não detectou nada de anormal . Disse também que perguntou ao dono do barco e aos tripulantes  se “ no barco havia armas ou drogas “ e que lhe responderam que não.

Daniel Guerra  teve um depoimento  claro conciso   esclarecedor  onde se sentiu que estava a fazer uma narração do que presenciou . Se o seu depoimento é uma encenação  ele merece um Óscar de interpretação e o seu advogado outro pela realização  .Guerra descreveu com pormenores o processo de contratação e o que se passou antes e durante a travessia do Atlântico. Também mostrou que não tinha como saber onde a droga estava escondida.Visto que estava num compartimento fibrado que tinha por cima um deposito de água .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.