Cremilda Medina: CCM enche para o lançamento de “Folclore”  

12/03/2018 07:31 - Modificado em 12/03/2018 07:31
| Comentários fechados em Cremilda Medina: CCM enche para o lançamento de “Folclore”  

“Uma noite que ficará para sempre na minha memória. Ontem encheram o Centro Cultural do Mindelo e preencheram o meu coração! Obrigada por todo o vosso carinho e apoio”, disse Cremilda Medina no final da apresentação do seu primeiro trabalho discográfico na sua ilha natal, São Vicente.

Depois de ter actuado na passada sexta-feira na capital, o CCM foi pequeno para receber Cremilda Medina. O público esgotou o espaço num evento que está associado a uma causa social. “Todas as músicas definem o álbum “Folclore”, desde a forma como foram tocadas até à interpretação. Todos os temas falam e abordam Cabo Verde, sonhos, realidades e vivências assim como estórias”.

Dez por cento da bilheteira deste show será doado à pediatria do Hospital Baptista de Sousa no Mindelo, à semelhança do que aconteceu na cidade da Praia, com dez por cento das receitas destinado à pediatria do Hospital Agostinho Neto.

Um trabalho feito com muita dedicação e muito sacrifício, mas que já mereceu críticas muito favoráveis por parte de quem já ouviu este seu primeiro trabalho discográfico.

“FOLCLORE” é o nome do primeiro disco de Cremilda Medina que foi lançado em 17 de Novembro do ano passado. Depois do lançamento do seu single de estreia “Raio de Sol” que lhe valeu nomeações no Cabo Verde MusicAwards e nos International Portuguese Music Awards, a cantora Cremilda Medina apresenta agora o seu primeiro disco.

Um trabalho gravado entre Portugal, Cabo Verde e Estados Unidos da América e que conta, na sua grande maioria, com produção musical de Kim Alves e participação de músicos de renome mundial como Catherine Bent, Scott Lesser, Melissa Bull, John Repiogle, Kim Alves, Luis Guerreiro, Luis Ponte, Ricardo Cruz, entre muitos outros.

“Folclore” é o nome do disco onde Cremilda Medina explora os ritmos tradicionais de Cabo Verde, em especial a morna e a coladeira, mas onde também se aventura pelo fado, numa composição “Sou Crioula” com letra do escritor José Eduardo Agualusa e música de Ricardo Cruz, produtor que já trabalhou com artistas de renome do fado como Mariza, Dulce Pontes e António Zambujo.

Há também uma incursão por ritmos brasileiros, nomeadamente o samba, no tema “Berço d’Morabeza” escrito por João Carlos Silva, com música de Anísio Rodrigues. O disco tem ainda composições de autores cabo-verdianos que dispensam apresentação, mas a quem Cremilda Medina se orgulha de dar voz, como Morgadinho, Paulino Vieira, Manuel d’Novas, Ti Goi, Antero Simas e muitos outros.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.