UCID: “As justificações para o aumento das tarifas não são convincentes”

9/03/2018 13:10 - Modificado em 9/03/2018 13:10
| Comentários fechados em UCID: “As justificações para o aumento das tarifas não são convincentes”

A UCID reage com “estranheza e preocupação” o aumento das tarifas de água e eletricidade. Para a UCID, na voz do seu vice-presidente, João Luís “é de se lamentar profundamente que o governo até ainda não tomou e não toma as medidas de políticas necessárias para estancar e fazer baixar o custo da energia elétrica e água em cabo Verde”. O partido defende que “no momento em que o poder de compra dos cabo-verdianos é muito fraco, o aumento das tarifas vem agravar o custo de vida das famílias e das empresas”.

As justificações para o aumento das tarifas “não são convincentes, numa altura em que o governo fala na proteção da indústria nacional, tendo iniciado a legislação para o efeito”, segundo João luís.

João Luís afirma que existe mecanismos para fazer baixar o custo de energia elétrica. E como exemplo fornece a revisão do contracto de energia entre a Electra e a Cabeólica, a utilização de combustíveis mais baratos, e a injeção de mais energia alternativas na rede pública.

“Torna-se urgente efetivar-se a implementação das tarifas sociais de água e energia conforme estipula o orçamento do estado de 2018, por forma a influenciar a redução das perdas técnicas, no transporte e na distribuição, bem como as perdas comercias de energia e água”. E a UCID exige do governo que assume de forma clara e objetiva as suas responsabilidades para que as tarifas de água e eletricidade “sejam compatíveis com a realidade do país”. Isto também no sentido de evitar a “flutuação” dos preços.

O partido ainda defende que o país tem uma das mais altas tarifas de água e energia do mundo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.