Operação Zorro: familiares do velejadores pedem   o relaxamento da prisão para que aguardem o julgamento em liberdade

8/03/2018 08:17 - Modificado em 8/03/2018 08:17

João Torres Dantas, pai de um dos velejadores, num vídeo de um minuto afirma que a Procuradoria-Geral da República de Cabo Verde, até ao momento, não enviou o relatório que o Ministério da Justiça do Brasil enviou a Cabo Verde para o Tribunal de São Vicente para a devida apreciação do juiz encarregado do julgamento e, com base nisso, pede o relaxamento da prisão de todos para que aguardem o julgamento em liberdade, cuja data está marcada para a próxima segunda-feira, 12 de Março de 2018.

Como este online noticiou , o Ministério da Justiça do Brasil, através da Embaixada Brasileira em Cabo Verde, entregou no dia 22 de Fevereiro deste ano à Procuradoria-Geral da República, um relatório com mais de 600 páginas autenticadas contendo um “despacho fundamentado elaborado pela polícia federal brasileira a partir de um inquérito com uma minuciosa investigação, com provas, documentos e depoimentos”.

 

 

  1. Maria José

    “José Maria Neves pede que se aguarde pelo inquérito a ministro das Finanças”. “Falava à margem de uma palestra sobre comunismo alem fronteira. O caso de Cabo Verde”.
    SINCERRAMENTE SR. José Maria Neves, porque nao te calas. Vés o presidente Obama a dar palpites sobre a governacao de Trump? Ex, é Ex e acabou. Vai falar do seu comunismo porque é disso que entendes mesmo. Comunistas, ditadores, arbitrários, maltratadores de seres humanos. É disso que a malta do PAICV entende. Ou pensa que esquecemos o dia 31 de Agosto? (so para citar um exemplo).

  2. Lulua da Silva

    Mas eles tem que aguardar o julgamento na Prisão…Leis de Cabo Verde são para seguir…Por isso tinha grande quantidades de drogas, se tal já tinha chegado a europa esses contratados já tinham dado bem da vida

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.