NMCE quer consciencializar a camada mais jovem sobre a problemática da violência baseada no género

7/03/2018 03:59 - Modificado em 7/03/2018 03:59
| Comentários fechados em NMCE quer consciencializar a camada mais jovem sobre a problemática da violência baseada no género

O Instituto do Património Cultural, através do Núcleo Museológico Cesária Évora, em São Vicente, promove um “mês de consciencialização sobre a problemática da VBG” na sociedade cabo-verdiana.

Inserido neste “Março – mês da mulher” promove, durante este mês, um ciclo de palestras em todas as escolas secundárias de São Vicente para a consciencialização da problemática da VBG.

Segundo a gestora do NMCE, trata-se de uma actividade que faz parte de um leque de outras sugeridas pelo núcleo à Direcção dos Museus e Museologia afecta ao Instituto do Património Cultural, tutelado pelo Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.

Sendo assim, Janete Évora diz que a partir de agora, mensalmente, o NMCE vai acolher uma actividade relacionada não só com Cesária Évora, mas também com a abordagem de outros “temas pertinentes” à sociedade e, porque se está no “Março – mês da mulher”, a ideia é aproveitar o foco e fazer a ligação à educação por acreditar, sintetizou Janete Évora, que “se tivermos mulheres conscientes, teremos mulheres empoderadas”, a começar pela criança “lá nos jardins até às escolas primárias e secundárias”.

“Queremos, com isso, ajudar a diminuir as estatísticas de Violência Baseada no Género (VBG), pois segundo dados recentes, a VBG foi o crime mais cometido no primeiro semestre de 2017, o que considero grave”.

Por isso, o objectivo geral desta iniciativa que decorre de 07 a 23 do corrente, é consciencializar a camada mais jovem sobre a problemática da violência baseada no género, com enfoque nas suas formas mais subtis, através de um conjunto de mesas-redondas.

Assim, três grandes temas vão percorrer as cinco escolas secundárias da ilha, nomeadamente, “o que é a VBG, enquadramento legal, como agir em caso de VBG” ministrado por um jurista e um agente da Polícia Nacional e “Apoio psicológico à vítima de VBG” e “Ajudando a desenvolver a auto-estima e o amor-próprio”, ministrado por uma psicóloga.

Trata-se da segunda edição desta actividade, já que no ano passado foi realizado um concerto musical intitulado “Desperta a Diva que há em ti”.

Janete Évora classifica a avó Cesária Évora como um dos “maiores exemplos” de empoderamento feminino em Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.