UNTCS acusa administração da TACV de agir à margem da lei

5/03/2018 00:37 - Modificado em 5/03/2018 00:37
| Comentários fechados em UNTCS acusa administração da TACV de agir à margem da lei

A UNTCS  acusou  a administração da c TACV de “  agir à margem da lei e de ignorar trabalhadores e sindicatos no processo de reestruturação para privatizar a empresa.”

“Os TACV têm estado a criar as próprias regras, dificultando sobremaneira a vida dos trabalhadores e de seus familiares. Os TACV estão a agir à margem da lei”, a secretária-geral UNTC-CS Joaquina Almeida.

A companhia lançou um programa para negociar a passagem de alguns trabalhadores à pré-reforma e indemnizações para as rescisões por mútuo acordo, estando também a avançar com o despedimento coletivo de trabalhadores.

Joaquina Almeida adiantou que a empresa está a recorrer “por conveniência” ao despedimento coletivo, mas não tem comunicado por escrito essa intensão aos sindicatos representantes dos trabalhadores, como estipulado no Código Laboral.

“Os sindicatos não foram envolvidos no processo, de modo a poderem garantir direitos, transparência, rigor, isenção e acima de tudo, a tranquilidade dos trabalhadores”, disse.

Segundo Joaquina Almeida, os trabalhadores estão ainda a ser sujeitos ao “total abandono, silêncio e pressão” pela administração dos TACV que acusa de estar a usar uma estratégia “ditatorial de intimidação”.

“Por outro lado, há repercussões económicas, desestruturação familiar, entre outros danos causados pela mobilidade repentina de uma ilha para a outra e do fecho de agências, nomeadamente a de São Vicente e Santo Antão, sem aviso prévio”, sublinhou.

A UNTC-CS exigiu, por isso, ao Governo que envolva os sindicatos nesse processo e apelou para a reabertura do processo negocial de pré-reforma e o diálogo para a negociação de rescisões por acordo mútuo.

A TACV tem em curso um processo de reestruturação que irá implicar a dispensa de algumas centenas de trabalhadores e a mudança de outros para a ilha do Sal, para onde foram transferidas todas as operações da companhia desde finais de fevereiro

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.