Não houve razões para a polémica sobre a minha nomeação

6/11/2012 00:01 - Modificado em 6/11/2012 00:07

Numa entrevista ao Expressodasilhas, Manuel Inocêncio presidente do Conselho da Administração da CVTelecom, disse que não deu importância à polémica sobre a sua nomeação para o cargo. E explicou a razão: “Não dei nenhuma importância especial porque não vi nada de significativo na polémica.

 

Entrei na CVT praticamente um ano e meio depois de ter saído do governo. A única polémica que houve é que eu poderia beneficiar a CVT em relação à concorrência por causa do conhecimento que tinha. Acontece que eu conhecia as políticas e não as empresas”. Com isso, Inocêncio considera que não houve razão para a polémica que se tentou criar à volta da nomeação, tanto é que no seu entender, “as coisas mudam todos os dias no mundo dos negócios e principalmente neste campo de negócios”.

Não houve razões para a polémica, tentou-se apenas criar um pequeno facto. Essa foi a minha leitura na altura e foi por isso que não lhe dei qualquer importância nem reagi.

  1. Cabo verde

    Seria melhor es coloca dedo na nha boca pa espia s un tem ou não dente. Nesse planeta, concretamente na cv, tud tem um porquê!

  2. Maria José

    Sem vergonha este homem.

  3. Sandra

    É o estilo prepotente e arrogante que o paigcv adoptou. Foi-se embora a humildade!
    quando há reacçõe públicas é porque há motivos. Então não há promiscuidade nisto tudo? De ministro da tutela técnica de 2 empresas, passa-se a defender interesses de uma só, conhecendo antecipadamente todos os trunfos do outro! Convenhamos sr autista. Pelo menos e durante 5 anos, não devia fazer parte de nenuma empresa tutelada. Há coisas que não vem escritas na constituição, mas sim do berço e do caracter…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.