Jogadores e sindicatos apoiam  Ruben Semedo

27/02/2018 00:34 - Modificado em 27/02/2018 00:34
| Comentários fechados em Jogadores e sindicatos apoiam  Ruben Semedo

O Vilarreal demarca-se do caso do defesa-central de origem cabo-verdiana, Ruben Semedo, sublinhando que as acções do jogador não podem ser associadas ao clube. O presidente do clube, Fernando Roig avança que “o jogador encontra-se com contrato e ordenado suspensos”.

Sobre o caso, avança que nada mais se pode fazer senão esperar pela justiça e respeitar a respectiva decisão. O desejo é “que seja o mais rápido. Não muito bem, como é óbvio. Mas tento separar esse tema das obrigações do dia a dia no clube. Nada disto é responsabilidade do Villarreal – não podem meter o clube nesse assunto. É uma acção individual e pessoal”, afirma Roig sobre o caso do jogador acusado de tentativa de homicídio.

O jogador tem recebido mensagens de apoio de vários colegas de profissão com destaque para Gelson Martins, também de origem cabo-verdiana, a jogar no Sporting CP, com quem jogou no mesmo clube e ainda do internacional português, Renato Sanches.

O Sindicato dos Jogadores em Portugal, sindicato a que o jogador está afiliado, pede respeito pelo princípio de presunção de inocência do jogador. Em comunicado, dá total disponibilidade em apoiar o jogador e que está atento à evolução do caso que tem “implicações pessoais e para a sua carreira desportiva”. Relativamente ao caso em concreto, o Sindicato dos Jogadores já transmitiu aos representantes do jogador total disponibilidade para o apoiar e constatou, inclusivamente, que o Sindicato espanhol (AFE) também está atento à evolução do processo. Reforça-se que o jogador tem o direito à sua defesa face às acusações que lhe são imputadas, em respeito do princípio da presunção de inocência.

Sobre Ruben: “É um jovem que ultrapassou muitas dificuldades para chegar ao patamar desportivo em que se encontra, amigo do amigo, sendo um profissional exemplar na entrega ao jogo e na relação com os seus colegas de profissão. A vida é cheia de infortúnios, mas o mais importante é recebermos o apoio de que precisamos nos momentos mais difíceis”.

Ruben encontra-se em prisão preventiva a aguardar julgamento para responder às acusações de tentativa de homicídio, sequestro, agressão e tentativa de roubo e posse ilegal de arma.

Os utilizadores das redes sociais em Cabo Verde também têm manifestado solidariedade ao atleta e confiança na sua inocência.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.