Estados Unidos prevêm executar três presos na quinta-feira

21/02/2018 23:49 - Modificado em 21/02/2018 23:49
| Comentários fechados em Estados Unidos prevêm executar três presos na quinta-feira

Três Estados norte-americanos preveem executar, na quinta-feira, um preso, numa rara coincidência temporal, mas os advogados dos três condenados têm esperança de conseguirem um perdão até ao último minuto.

O Estado do Texas tem agendado a execução de Bart Whitaker, de 38 anos, condenado por, em 2003, ter planeado a morte de toda a sua família próxima. Fortemente ferido no ataque, o seu pai tornou-se no seu mais acérrimo defensor.

Kent Whitaker tem movido o céu e terra há anos para poupar o filho, a quem deu o seu perdão desde a cama do hospital, noticiou hoje a agência AFP.

Muito excecionalmente, a Comissão de Indultos e Perdões texana recomendou hoje clemência para Bart Whitaker, a decisão final pertence agora ao Governador do Texas, o republicano Greg Abbott.

O Estado do Alabana tem previsto executar Doyle Hann, que passou os últimos 30 anos no corredor da morte, por ter sido condenado em 1987 pelo assassinato de um empregado de um motel durante um assalto à mão armada.

Doyle Hamm sofre de um cancro no cérebro e outro no sistema linfático e os seus advogados temem que a sua execução por injeção letal se torne uma sessão de tortura.

Segundo os causídicos, o seu cliente não possui uma rede venosa para a infusão.

Finalmente, o Estado da Florida pretende executar Eric Branch, condenado à morte pelo assassinato de um estudante, em 1993.

Os seus advogados lançaram apelos, argumentando que o detido tinha apenas 21 anos no momento dos factos e que o veredicto da sua sentença de morte não foi aprovado por unanimidade pelos jurados.

Não acontecem três execuções no mesmo dia nos Estados Unidos desde 07 de janeiro de 2010 e desde que foram retomadas as execuções, em 1977, esta coincidência ocorreu 13 vezes, de acordo com o Centro de Informações sobre a Pena de Morte.

Na história moderna, o número recorde de execuções num só dia aconteceu no dia 09 de dezembro de 1999, quando Oklahoma, Indiana, Texas e Virgínia executaram um prisioneiro cada.

O número mais alto da história do país foi alcançado em 26 de dezembro de 1862 no Minnesota, quando as autoridades federais executaram 38 membros da tribo india Dakota.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.